O café mais caro do mundo

elephant-dung-coffee-Black-Ivory

O “Kopi Luwak” era até bem pouco tempo o café mais caro do planeta.  A razão para o  seu alto preço está  diretamente relacionada  à  sua forma peculiar de  produção: os grãos são “colhidos”  nas fezes da ¨Civeta¨ ,uma  espécie de felino da Indonésia que se alimenta de café. Ao comer os frutos, o animal digere a polpa e evacua as sementes mas a passagem pelo seu intestino, segundo os  apreciadores, confere aos grãos um sabor especial que, depois de selecionados, higienizados e torrados são  vendidos  ao preço de US$ 70,00 por apenas 100 gramas !

Mas o cocô das Civetas, embora ainda continue muito caro, perdeu  o primeiro lugar para um adversário literalmente de peso: o esterco dos elefantes

O orgânismo dos paquidermes age como uma verdadeira unidade de beneficiamento natural de grãos. Dentro do sistema digestivo dos elefantes, o café ingerido passa um sistema de filtragem e por um  forte processo abrasivo  provocado pelos sucos digestivos. A exemplo das suas concorrentes de quatro patas, depois de “liberadas”  pelas  as sementes são “colhidas”, selecionadas, limpas, embaladas e … vendidas.

Este café, batizado com o nome de “Black Ivory” (Ébano Negro em Inglês), foi  idéia  do canadense Blake Dinkin e está sendo produzindo  em uma torrefadora do Norte da Thailandia, na província de Chiang Rai. De lá, é exportado para o resto do mundo por até US$ 1.000,00 o quilo !

Quem já o experimentou, garante que  o sabor  da bebida é  excelente. Mais informações na web Page do café .  http://www.blackivorycoffee.com/

Tags: , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: