Cerveja – A India Pale Ale é a nova cerveja do dia a dia no Brasil

2017-05-08-Ipa é a nova Pilsen

A cerveja foi uma das primeiras bebidas álcoolicas a serem criadas pelo homem e atualmente é a bebida com álcool mais consumida no mundo. No Brasil temos um consumo médio de 82 litros per capita segundo a empresa de pesquisas Euromonitor.

Deste volume o estilo mais consumido é a Pilsen, uma cerveja de sabor mais suave e de baixo amargor, que agrada o paladar mais sensível e é a campeã de pedidos nas mesas de bar e churrascos com os amigos. No entanto, com a popularização de outros estilos e chegada de vários rótulos as prateleiras, uma delas vem chamando a atenção pelo alto consumo. É a India Pale Ale ou simplesmente IPA, uma cerveja que tem como característica principal a utilização do Lúpulo, ingrediente responsável pelo amargor da cerveja, mas que também pode dar outros aspectos de sabores e aromas.

Para saber se a India Pale Ale é a nova queridinha do Brasil e vai ocupar o espaço da Pilsen reunimos um time de especialistas no assunto, proprietários de bar, cervejarias, sommelier e mestre cervejeiro para uma conversa sobre o tema.

O bate-papo aconteceu no Empório  Alto de Pinheiros um dos locais que tem a maior oferta de cervejas de São Paulo com degustação de diversas IPAs, uma boa desculpa para conseguimos várias reflexões sobre o tema.

Um dos primeiros a dar sua opinião foi Daniel Bekeierman proprietários da Cervejaria Trilha que está abrindo uma cervejaria na cidade de São Paulo e só produz este estilo. Segundo ele a IPA vem ganhando cada vez mais apreciadores que estão descobrindo o universo das cervejas especiais. Este público esta interessado em drinkability, palavra usada para descrever uma cerveja que está equilibrada e a IPA tem muita complexidade, dentro do estilo é possível ter uma receita diferente da outra.

Raphael Rodrigues do Portal All Beers uma das publicações mais importantes do mercado lembrou que tempos atrás o mercado apostava muito no estilo Weiss como substituta da Pilsen  mas como estamos em um  pais com altas temperaturas a IPA ganhou esta posição.

O mestre cervejeiro Victor Marinho que já desenvolveu diversas receitas de cervejas comentou que ocorreu uma evolução técnica muito grande no mercado e hoje em dia  temos um tratamento muito maior da água e dos demais ingredientes. Em diversos festivais de cervejas é muito comum as pessoas chegarem nos stands e pedirem para provar a IPA em primeiro lugar.

Na parte comercial Paulo Almeida, proprietário do Emporio Alto de Pinheiros que além das garrafas e latas tem 33 torneiras de chope engatados sendo que 7 delas são IPAs com diferentes preços para todos tipos de bolso e paladares. Sua meta é aumentar ainda mais a oferta da  IPA na versão chope.

O Gerente Nacional de Vendas da Maniacs Brewing Co. André Luiz de Oliveira Teobaldo citou o caso de suas cervejas a Maniacs Pilsen e IPA, as duas foram lançadas em Outubro do ano passado com o mesmo preço e hoje em dia a IPA responde por 60% das vendas.

Bia Amorim uma das primeiras Beer Sommelier do Brasil levantou um ponto muito importante, o lúpulo pode ter um gosto totalmente diferente se a IPA for produzida na forma de Chope ou pasteurizada para virar cerveja. A versão em Chope sempre terá muito mais aspectos sensoriais que a sua versão pasteurizada. Para Victor a pasteurização faz a cerveja perder 90% do aroma e quase 50% de sabor.

Anúncios

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: