Archive for the ‘whisky’ Category

World’s Best Whisky 2019 by Jim Murray

10 de outubro de 2018
2018-10-10-World_s Best Whisky by Jim Murray

Foto – Montagem – Divulgação

 

Acaba de sair a lista com os melhores whiskys do mundo Segundo o expert Jim Murray que lança todo ano seu livro Whisky Bible. A edição de 2019 tem notas de degustação de 4.600 whiskys e os seguintes ganhadores.

Em primeiro lugar com 97,5 pontos de 100 o Bourbon William Larue Weller produzido pela destilaria Buffalo Trace. Em segundo lugar com 97 pontos de 100 o Single Malt Whisky Glen Grant 18 anos com 43% de teor alcóolico produzido pelo grupo Campari e em terceiro lugar o Thomas H Handy Sazerac Rye com 63,6% de teor alcóolico, destilado em 2011 e também produzido pela Buffalo Ttrace.

Outros whiskys também receberam citações como melhor whisky do ano na categoria regional.

Canadá – Canadian Club Chronicles: Issue No1 Water of Windsor Aged 41 Years

Irlanda – Redbreast 12 Years Cask Strength

Asian– Amrut Greedy Angels 8 Years Old

Japão  – Hakushu Paul Rusch

Anúncios

Macallan The Concept No1

5 de outubro de 2018
2018-10-05- Macallan The Concept

Foto: DIvulgação

A empresa Edrington Group proprietária da destilaria The Macallan acaba de anunciar o lançamento de uma nova linha para a marca de Single Malt Whisky. O The Macallan Concept No. 1  ou Conceito No1 terá um lançamento anual e limitado que gira em torno de quebrar as normas e conceitos com técnicas de produção inovadoras.

Neste caso o diferencial e inverter a ordem de maturação do whisky pós destilação. Normalmente ele passa por barricas que já tiveram ex Bourbon whiskey e depois vai para barris que tiveram vinho de Jerez. .No Concept No. 1 o liquido fica primeiro em barris ex jerez e depois ex bourbon pelo mesmo tempo que não é informado pela empresa.

Para este lançamento foram selecionados 68 barricas que dão um total aproximado de 84.000 garrafas com teor alcoolico de 40% e sem indicação de idade no rótulo.

The Macallan Concept No.1 estará disponível no Duty Free de Dubai a partir de 1º de dezembro, e depois irá para os outros mercados como a partir de janeiro de 2019 com um preço médio de U$ 125.

R$ 12.000 por uma garrafa de Macallan Reflexion

27 de setembro de 2018
2018-09-27- R$ 12.000 por uma garrafa de Macallan Reflexion.jpg

Foto – Divulgação

Para quem curte um bom Single Malt e aprecia os que são produzidos pela destilaria The Macallan uma boa noticia. Chega ao Brasil o The Macallan Reflexion que custa R$ 18.000 a garrafa. Mas tem que correr são apenas 18 unidades que estarão a venda.

Seu exclusivo decanter foi desenhado para que suas facetas pudessem refletir ao máximo a luz e assim intensificar seu vermelho “Mahogany”. Sua coloração é obtida naturalmente do seu envelhecimento em barris.  “hogshead” de 250 litros, elaborados com carvalho espanhol e americano, ambos ex-Jerez e somente de primeiro uso.

Frank Bar com nova carta de drinks

24 de agosto de 2018
2018-08-24- Frank Bar com nova carta de drinks.jpg

Spencer Amereno e a nova carta de drinks. Foto: Cesar Adames

Um dos melhores bares do Brasil o Frank Bar está de carta nova. São 15 drinks com uma temática japonesa. Spencer Amereno, head bartender da casa buscou referências na tradicional coquetelaria oriental para desenvolver drinks com detalhes diferenciados

Para ele a coquetelaria carrega muitas similaridades com as ciências químicas, e isso é ainda mais perceptível quando falamos dos mestres japoneses. Para eles, um bom drink exige não só o conhecimento profundo dos ingredientes utilizados, mas um fino equilíbrio dos sabores e a aplicação de uma técnica refinada. Os japoneses valorizam todo o processo, desde o corte do gelo límpido, até a escolha dos elementos da apresentação segundo ele.

O Volume IV, já é a 4ª versão desde que o bar abriu, chega mais enxuto, trazendo 15 drinks, sendo sete exclusivos. O cardápio faz alusão a um magazine japonês, justamente para que os apreciadores entrem ainda mais no clima dessa concepção. Para quem quiser levar uma cópia para casa ela sai por R$ 120,00 com direito a um autógrafo do criador. Mas para quem quiser uma versão mais compacta segue aqui, por tempo limitado o cardápio em PDF. É só clicar para baixar e imprimir em casa. Ai você leva no Frank, pede um drink e pode ser que o Spencer autografe sua cópia

.

2018-08-24- Frank Bar com nova carta de drinks1.jpg

Clique no link para baixar sua cópia goo.gl/XsvZhY 

As criações da casa quanto as releituras foram desenvolvidas após uma série de estudos e testes até agradarem o maior crítico de todos: o próprio Spencer Amereno. As exclusividades ficam por conta de A Dog Named Daiquiri, Rum Havana Club 7, geleia de umbu, limão galego e sponge cake de abacaxi; Brace, Chivas 12, Tokaji Dry, maçã verde, avelã e limão tahiti; Seso Cobbler, Real Tesoro Fino, amêndoas, manteiga de caju e kincan; e Tutua, Tequila Blanco, fassionola, Frank’s spices, limão tahiti e laranja bahia. O destaque das novas composições vai para as decorações inusitadas, desde sponge cake até vidro comestível e cone doce de bagaços.

Dentro das 8 releituras temos o Orgeat Punch, inspirado no Bon-Vivant´s Companion (Jerry Thomas/1862), que é servido numa xícara punch. Completam a lista de inspirações o Algonquin Cocktail, lançado em 1930 pelo hotel Algonquin (New York, EUA), feito com Bourbon, Dolin de Chambery Dry Vermouth, xarope de casca de abacaxi e Green Carthusian Bitters; o Bloodhound, de autoria disputada, já que há alguns registros, mas aqui os créditos ficam para William Bothby e seu livro “World Drinks” de 1907; Hannibal Hamlin, resgatado da publicação “The Flowing Bowl: How and What to Drink” de William Schmidt, que ficou conhecido como o primeiro Bar Chef a inventar seus próprios drinks; e o Golden Heat, extraído do International Guide to Drinks by United Kingdon Bartenders Guide.

Os mais pedidos e conhecidos do público retornam no cardápio de 2018: Dead Habit, Mamie Taylor, Hawaiian Room, Improved Whiskey Cocktail, Maverick Negroni e Ataraxia. Além das comidinhas, que são um atrativo à parte. No cardápio há opções para todos os paladares: burgers, sandwiches, hot dogs, porções, sopas, tábuas de frios, especiais gourmet e sobremesas deliciosas.

 

Frank Bar –lobby do Maksoud Plaza Hotel =  Rua São Carlos do Pinhal, 424

Funcionamento: Segundas, terças e quartas: 18h à 1h; quintas, sextas e sábados: 18h às 2h (com direito a jazz ao vivo); feriados: 18h à meia-noite; não abre aos domingos.

Drinks: a partir de R$ 36,00

 

Entrevista com Tom Vernon – Embaixador global de Woodford Reserve

23 de agosto de 2018

2018-08-23-Entrevista com Tom Vernon - Embaixador global de Woodford Reserve.jpg

O segmento super premium é o que mais cresce dentre a categoria de whiskey Bourbon, consolidada nos últimos anos, quando a produção do destilado no Kentucky (território de onde vem 95% da bebida) aumentou mais de 150%.

boom chegou ao Brasil junto à ascensão da coquetelaria em todo o mundo. Woodford Reserve é um de seus representantes e possui um dos mais tradicionais processos de produção, com uma história marcada também pela inovação que mantém a destilaria no topo do segmento.

Para reforçar suas credenciais ao mercado brasileiro, o embaixador global da marca, Tom Vernon veio ao Brasil em agosto para uma série de atividades, entre elas degustações com a imprensa e o trade.

Tive a oportunidade de conversar com ele antes do inicio de uma destas atividades e fiz algumas perguntas sobre a bebida e o mercado.

– Qual é o seu trabalho como Brand Ambassador?

Basicamente é a de promover a marca e educar o consumidor no sentido de explicar o que é o whiskey americano como categoria de bebida.

– Quantas marcas de Bourbon existem hoje em dia no mercado?

Hoje em dia devemos ter em torno de 400 marcas. Temos mais barris de whiskey maturando a bebida do que pessoas no estado do Kentucky.

– Woodford Reserve é considerado um Bourbon Super Premium, o que faz ele ser diferente de outras marcas que são vendidas em grandes quantidades?

São vários pontos, qualidade dos grãos utilizados na sua produção, pequenos alambiques que fazem a destilação e a qualidade de nossos barris onde o liquido irá ficar por um tempo maturando.

– Para você qual é a melhor forma de consumo, puro ou como coquetel?

Para mim o mais importante é a bebida estar no copo para eu beber. Gosto das duas formas,  para celebrar, um coquetel vai muito bem, quando chego em casa depois do trabalho gosto de beber puro, com ginger ale ou com soda. Depende de cada ocasião.

– Na sua opinião qual é o coquetel que mais representa o Bourbon como bebida?

Para mim são dois, Old Fashioned um clássico que você encontra em qualquer bar do mundo e o Mint Julep, um drink muito ligado as corridas de cavalo do Kentucky que é muito refrescante.

Glenfiddich Fire & Cane

7 de agosto de 2018

2018-08-07-Glenfiddich Fire & Cane

A linha Experimental Series do Single Malt Whisky Glenfiddich acaba de ganhar mais um rótulo, o Glenfiddich Fire & Cane. A linha já tinha os rótulos Glenfiddich IPA e Glenfiddich Project XX lançados em 2016 e o Glenfiddich Winter Storm lançado em 2017.

O Fire & Cane é um Single Malt defumado sem idade declarada que passa primeiro por barricas de ex-Bourbon whiskey para depois passar por barricas que já tiveram Rum produzido na América Central . Com teor alcóolico de 43% a garrafa com 700 ml já está disponível no mercado norte-americano por US$ 50 e chega ao Reino Unido em Outubro.

Livro Bebidas  Alcoólicas Ciência e Tecnologia

25 de julho de 2018

2018-07-25-Livro Bebidas Alcóolicas Ciência e Tecnologia

Para quem gosta e quer conhecer ainda mais o universo das bebidas sugiro a leitura do livro Bebidas Alcoólicas Ciência e Tecnologia de Waldemar Gastoni Venturini Filho da editora Blucher.  Este livro faz parte da Série Bebidas (Volume 1 – Bebidas alcoólicas: ciência e tecnologia; Volume 2 – Bebidas não alcoólicas: ciência e tecnologia; Volume 3 – Indústria de bebidas: inovação, gestão e produção), que foi escrita por 147 autores brasileiros e estrangeiros. Além dos autores brasileiros, participaram desta série especialistas da Costa Rica, Cuba, México, Peru, Uruguai, Irlanda, Portugal e República Tcheca.

O Volume 1, com 575 páginas tem 28 capítulos sobre bebidas alcoólicas e foi dividido em quatro partes: I) Bebidas fermentadas; II) Bebidas destiladas; III) Bebidas retificadas; IV) Bebidas obtidas por misturas. Neste volume, o leitor encontrará três capítulos sobre cachaça, três sobre cerveja, cinco sobre vinho e três sobre bebidas alcoólicas indígenas, entre outros. Dez de seus capítulos são dedicados às bebidas alcoólicas derivadas da uva.

Pela abrangência dos conteúdos e pela qualidade dos capítulos redigidos por especialistas de cada área, o leitor tem em suas mãos o que de melhor há no mercado editorial brasileiro na área da ciência e tecnologia de bebidas.

Buchanan’s lança seu primeiro blended malt whisky

24 de julho de 2018

2018-07-24-Buchanan_s lança seu primeiro blended malt whisky

A multinacional do segmento de bebidas Diageo proprietária da marca de Blended Whisky Buchanan’s acaba de entrar no segmento de blended malt whisky nesta marca com o lançamento do Buchanan’s Select 15 anos.

O novo whisky é um blend de vários single malts e tem 40% de teor alcóolico e preço médio de US$49.99 pela garrafa de 750 ml no mercado norte-americano onde começou a comercialização.

Novo Ilha das Flores

20 de julho de 2018

2018-07-20-Novo Ilha das Flores

Sucesso na cidade desde 1991, o icônico bar Ilha das Flores acaba de reabrir com ambiente totalmente repaginado. Após passar por uma extensa reforma, a casa reaparece inspirada na original Ilha das Flores localizada no arquipélago dos Açores. Com predomínio das cores azul e branco, o espaço é dividido entre salão, varanda e calçada.

O cardápio ganhou novidades do chef Francisco Pinheiro, que já trabalhou ao lado de grandes nomes como Alex Atala e Laurent Suaudeau, além de ter sido chef de cozinha do restaurante Attimo – que ganhou 1 estrela Michelin sob sua gestão. Recentemente, ficou conhecido por sua participação no programa MasterChef da Band.

As receitas aparecem valorizando os ingredientes, prezando pelo frescor e origem dos alimentos. Para começar, Coxinha de frango artesanal e Polenta cremosa na pedra com ragu de linguiça artesanal além de muitas outras porções para compartilhar.

A carta de drinks foi elaborada pelo premiado Henrique Medeiros, que já comandou o bar de casas como D.O.M e Kinoshita. Vale provar o De Cresci Martini com gin Tanquerey e abacaxi flambado e o Dual Drink – Ketel One Vodka, Cointreau e suco de maçã.

ILHA DAS FLORES – Rua dos Curumins, nº 5. – Tel: 3031-5644.

www.ilhadasflores.com.br

Whisky Grant’s muda sua linha de produtos

4 de julho de 2018

2018-07-04- Whisky Grant_s muda sua linha de produtos

Uma das marcas de blended whisky mais conhecida no mundo acaba de reestruturar sua linha de produtos. A William Grant & Sons que produz o a marca Grant’s passa a ter agora somente quatro rótulos,  Grant’s Triple Wood, Grant’s Triple Wood Smoky, Grant’s Rum Cask Finish e Grant’s 8 Year Old Sherry Cask Finish. Sai de linha o Grant’s Signature, Grant’s Cask Ale Finish e Grant’s Sherry Cask Finish. Segundo o master blender da marca Brian Kinsman não adianta ter 20 diferentes whiskys em seu portfolio. Isso não funciona segundo ele.

O carro chefe da marca Grant’s Family Reserve ganhou o nome de Grant’s Triple Wood. A idéia e mostrar que o liquido da garrafa passou por três tipos de barricas, Virgin oak, American oak e ex Bourbon Cask.

Os quatro novos rótulos serão distribuídos em todos países onde a empresa já opera e  terão teor alcóolico de 40%. Grant’s Triple Wood sera lançado em Agosto e terá um preço médio de  £15 (US$19) garrafa de 700ml e £19.50 (US$£26) garrafa de um litro. Grant’s Triple Wood Smoky sera lançado em setembrou ou outubro deste ano com um custo médio de £19 (US$25). Grant’s Rum Cask Finish já está disponível na rede de supermercados  Sainsbury’s no Reino Unido com preço de £19 (US$25). Para finalizar o Grant’s 8 Year Old Sherry Cask Finish também chega as prateleiras em setembro ou outubro com preço de  £21 (US$27).

Vem ai o Jack Daniel’s Bottled In Bond

23 de abril de 2018

2018-04-23- Vem ai o Jack Daniel_s Bottled In Bond

A Brown Forman produtora do Whiskey Jack Daniel’s vai apresentar  mês que vem seu mais novo produto o Jack Daniel’s Bottled in Bond durante o evento TFWA Exhibition & Conference que atende o Mercado de Duty Free Shop. O lançamento acontece no aniversário de 120 anos da aprovação da Lei Bottled In Bond  em 1897 pelo Congresso dos Estados Unidos.

O Jack Daniel’s Bottled In Bond e uma extensão de linha permanente da família  Jack Daniel’s e  estará disponível nos principais aeroportos em todo o mundo na metade deste ano. No rótulo ele traz a inscrição 100 Proof que significa que ele tem 50% de teor alcóolico.

Segundo Jeff Arnett, mestre destilador de Jack Daniel’s o lançamento é uma homenagem a transformação da produção de whiskey nos anos 1890. Naqueles tempos a produção não tinha controle nenhum dando oportunidade a falsificações e a produtos que até podiam cegar. Com a lei Bottled in Bond promulgada pelo Congresso um alto nível de segurança e consistência passou a ser exigido dos produtores.

A lei determinava que o whiskey deveria ter pelo menos quatro anos de envelhecimento, ser engarrafado com no mínimo 50% de teor alcóolico e ser produzido em uma única destilaria.

Portal Difford’s Guide

15 de março de 2017

2017-03-15-Portal Diffords Guide

Simon Difford, um dos mais renomados e respeitados especialistas em coquetelaria no mundo, está no Brasil para lançar sua plataforma internacional sobre o universo de cocktails o Difford’s Guide.  O projeto que já possui sites nas línguas inglesa e grega, agora terá um domínio em português e contará com textos traduzidos e conteúdos exclusivos produzidos por profissionais do Brasil.

A proposta do site, que já ganhou o prêmio de melhor publicação sobre coquetelaria no Tales of Cocktails, é oferecer aos consumidores mais exigentes informações detalhadas para ajuda-los a ter as melhores experiências que envolvam o universo da coquetelaria, por meio de produção de conteúdo (artigos, guias, eventos, promoções), e experiências offline (degustações, harmonizações, visitas guiadas, clube de fidelidade e outros). Algo inédito no Brasil.

A idéia é oferecer ao Brasil uma plataforma de experiências exclusivas que fomente a coquetelaria no país. O site brasileiro lançado em março, já oferece mais de duas mil receitas traduzidas, incluindo criações do próprio Simon, além de histórias de coquetéis, entrevistas com bartenders e grandes personalidades. Confira o conteúdo em: www.diffordsguide.com

Whisky-Johnnie Walker inaugura pop-up store exclusiva para o natal

25 de novembro de 2016

 

2016-11-25-johnnie-walker-inaugura-pop-up-store-exclusiva-para-o-natal

Buscando atender as vendas de natal, Johnnie Walker, marca número um de whisky da Diageo no Brasil e no mundo inaugurou uma pop-up store no shopping Cidade Jardim. Até dia 25 de dezembro o shopping recebe um espaço ambientado especialmente para a marca, que irá proporcionar experiências únicas de compra e apresentar sugestão de itens exclusivos a partir de R$ 200 reais para presentear nas festas de fim de ano.

A loja traz packs e edições especiais como Johnnie Walker Blue Label Bossa in Blue, John Walker & Sons King George V, JW&SONS Private Collection 2016, além de benefícios exclusivos como o engraving no qual o consumidor pode gravar sua garrafa de Johnnie Walker Blue Label com uma mensagem customizada além do Studio Label com impressão personalizada no rótulo da garrafa de Johnnie Walker Gold Label Reserve.

Quem visitar a pop-up store, além das opções de presentes e alternativas de personalização do produto, terão acesso também a consultores da marca, com conhecimento dos produtos, podendo ajudar com informações e características de cada blend e sugerir opções de aromas e sabores de acordo com o perfil dos presenteados.

Destilados – Wild Turkey RYE chega ao Brasil

19 de abril de 2016

 

Destilados - Wild Turkey Rye

Demorou, muito, mas finalmente chegou. O Gruppo Campari fez ontem o lançamento oficial da chegada do Wild Turkey 101 Rye, um dos poucos whiskies do tipo Rye genuínos produzidos atualmente.

Adorado por mixologistas, devido a sua capacidade de brilhar em um coquetel, o 101 Rye segue todas as determinações da legislação americana, que exige que o líquido seja elaborado a partir de pelo menos 51% de centeio e envelhecido em barris de carvalho queimado. Sua diferença para o Bourbon é que ele utiliza o centeio no lugar do milho (um bourbon comum, segundo a lei, deve ter 51% de destilado de milho).

Envelhecido por no mínimo quatro anos, a bebida chama a atenção pela sua cor castanho com reflexos dourados. Em boca é potente lembrando pimenta-preta com um leve sabor terroso, além de aroma de baunilha e especiarias.

Nesta primeira etapa da importação as garrafas que chegaram serão destinadas somente aos bares onde os bartenders poderão finalmente criar receitas que sempre pediram Rye Whisky. É uma ótima oportunidade do consumidor conhecer um pouco mais de suas variáveis em drinks tão distintos. A segunda importação que já está vindo para o Brasil será destinada a lojas especializadas em bebidas para venda ao consumidor final.

Destilados – Jameson Crested

29 de março de 2016

Destilados - Jameson Crested

A Pernod Ricard acaba de anunciar o lançamento do Irish Whiskey  Jameson Crested com tripla destialção e maturação em barris de Jerez e de Bourbon. O lançamento internacional do Jameson Crested foi feito para celebrar a historia do primeiro whisky Jameson engarrafado na Bow Street Distillery em Dublin.

O Jameson Crested é engarrafado com 40% de teor alcoolico e vai estar disponível para venda em todo o mundo a partir de Abril de 2016.  O preço médio em Libras em Londres será de £ 29,99 pela garrafa de 700ml.

Charutos – O mapa da harmonização de charutos e bebidas

11 de setembro de 2015

Mapa da Harmonização Charutos e Bebidas

Muitas vezes sou questionado sobre as bebidas que harmonizam melhor com o charuto. Qual é a bebida ideal? Ela não existe, cada combinação é única e diferenciada. Mas para ajudar um pouco  resolvi escrever este texto usando como base a classificação da WSET – Wine Spirits Education Trust de Londres, maior escola de vinhos e destilados do mundo  para entender o universo das bebidas com álcool.

FERMENTADOS

– Vinhos – Nesta categoria temos espumantes, brancos, roses, tintos e de sobremesa. O charuto vai bem com alguns tipos de espumantes, principalmente os que tem acidez elevada como o champagne. Brancos, Roses e Tintos são mais difíceis de harmonizar pois tem mais complexidade e podem ser ofuscados pelo charuto. Na categoria de sobremesa temos os de colheita tardia e os fortificados como Porto, Madeira e Jerez. Todos eles vão muito bem.

– Cervejas – Podemos dividir as cervejas em duas grandes famílias, as Lagers que são cervejas de baixa fermentação e as Ales que são de alta fermentação. Normalmente por sua complexidade as Ales vão melhor com charutos. Procure cervejas com um teor alcoólico mais elevado e não deixe de provar as Rauchbier e cervejas que passam por barris.

– Saque e Cidra – São duas bebidas que não se tem muitas informações sobre harmonização.

DESTILADOS

– Gin e Vodka – Por serem destilados brancos e saborizado no caso do Gin fica difícil o charuto não sobressair.

– Cachaça, Rum e Tequila – São destilados que tem duas versões, branca e envelhecida.  A versão envelhecida destas três bebidas vai muito bem com os charutos.

– Brandy – É uma categoria muito grande que inclui Cognac, Armagnac, Brandy de Jerez, Aguardente Vinica, Pisco, Grappa, Bagaceira. São várias possibilidade de combinação

– Whisky – Outra categoria que possibilita muitas opções. Temos o Blended Whisky, o Single Malt o Tennessee Whiskey e o Bourbon.

BEBIDAS COMPOSTAS

– Licores – Desde o licor da vovó até o mais elaborado podem combinar muito bem. Tome cuidado com a quantidade de açúcar que pode superar o charuto.

– Amaros – Nesta categoria temos Bitters e Vermutes. Os dois são produzidos com cascas, ervas e sementes. Nos Bitters a base é álcool neutro e nos Vermutes o Vinho. Pelo seu margor pode também ser uma boa opção.

Fora das bebidas alcoólicas, fermentados, destilados e bebidas compostas outras duas boas opções são os chás e cafés. Mas isso é assunto para um próximo artigo. Aproveite suas harmonizações.

Destilados – Whisky Chivas Extra

1 de junho de 2015

Destilados - Chivas Extra

Chega este mês ao mercado brasileiro o Chivas Regal Extra, ele vem para completar a coleção de premium blended whiskies que já contava com o 12, 18 e 25 anos. O Chivas Regal Extra é uma seleção especial de whiskies maturados em cascos de xerez Oloroso, um casco único utilizado para envelhecer vinhos na região sul da Espanha, juntamente com os mais raros e finos maltes de Strathisla, criando um blend diferenciado para aqueles que procuram novidades neste segmento de bebidas.

A criação do Chivas Regal Extra coube a Colin Scott, Master Blender da marca. Na sua elaboração ele utiliza whisky Strathisla, o DNA em termos de sabor do portfólio de Chivas, associado a uma seleção de alguns maltes raros de destilarias que estão temporariamente fora de operação na Escócia. Strathisla é a destilaria mais antiga da Escócia e onde são produzidos todos os produtos da família Chivas.

O nome Extra vem dessa combinação, proporcionando uma experiência única de consumo em um scotch de sabor mais completo com características marcantes, aroma de nozes, notas de chocolate ao leite, canela e toque de gengibre e um paladar caramelizado. Ele não tem idade declarada mas seu posicionamento como produto fica entre o 12 e o 18 anos. O seu preço médio é de R$ 150,00.