Posts Tagged ‘breja’

Cerveja – Brejas da Semana

12 de julho de 2017

Na seleção desta semana vou comentar algumas cervejas que chegaram ao mercado este mês trazidas pela Beer  Concept. A importadora vem apostando  alto nas melhores marcas de cervejas artesanais do mercado internacional.

Atualmente, possui 3 das 10 melhores cervejarias do mundo eleitas pelo Ratebeer em 2016.Em seu portfólio, traz grandes nomes como a  Founders Brewing (EUA), Cigar City (EUA), De Molen (Holanda), Evil Twin (cigana), Oskar Blues (EUA), dentre outras.

Selecionei sete rótulos de quatro produtores que acho interessante você experimentar.

Slide2

Estônia –  PõhjalaA história da cervejaria  começa de forma cigana em 2013, com três amigos que estavam cansados de beber as mesmas cervejas comerciais. Em 2014 eles inauguraram sua própria cervejaria, em Tallinn, capital da Estônia.

Must Kuld Colombia – Special Series – Versão da Must Kuld produzida com o café Caturra de Finca La Chorrera – Colombia. Uma Coffe Porter com teor alcoolico de 7,8%. Pode ser encontrada em Garrafa (330ml) e Chope.

Saak – Significa Colheita. Sazonal de outono, essa Pumpkin Ale teve adição de gengibrecravo-da-índianoz-moscada e canela. Tem 6,7% de teor alcoolico e é vendida em garrafas de 330 ml.

Slide1

EUA- Against The GrainA cervejaria nasceu da necessidade que os sócios tinham de encontrar cervejas de qualidade em Louisville. Foi a primeira cervejaria da região a funcionar como um brewpub oferecendo cervejas diferenciadas.

Rico Sauvin – Uma IPA produzida com o lúpulo orgânico Nelson Sauvin, que lembra muito  vinho branco no aroma e paladar. Notas de tangerina e grapefruit e teor alcoolico de .7,6%. Em lata de 473ml

Freigeist Babyschlager – Cerveja colaborativa entre ATG e Freigeist, cervejaria alemã da nova escola germânica. Com leve defumado e maturada em barris. Esta Barrel Aged Smoked Adambier tem 10% de teor alcoolico e vem em garafas de 750 ml.

Slide3.JPG

Holanda – DE MOLEN –  A Brouwerij De Molen começa em 2004 em Bodegraven, Holanda, com John Brus e Menno Olivier no histórico moinho DeArkduif, ao longo do rio Oude Rijn. A filosofia continua a mesma desde então, priorizando pequenos lotes com uma qualidade extrema.

Bommen & Granaten Rioja Barrel Aged – Essa Barley Wine versão da Bommen & Granaten foi envelhecida em barricas que antes continham vinho Rioja. Produzida com os lúpulos Columbus e Saaz. Tem 11,9% de teor alcoolico e vem em garrafa de 330 ml e chope.

Slide4

Suécia – OMNIPOLLO Fundada pelos sócios Henok Fentie e Karl Grandin em 2011, a Omnipollo viaja o mundo fazendo suas cervejas de forma cigana. Foi reconhecida pelo Rate Beer em 2013 como a melhor cervejaria da Suécia e apareceu entre as melhores cervejarias do mundo em 2015, pelo mesmo site.

Selassie – Esta Imperial Stout é feita com café da Etiópia e baunilha. Tem 11% de teor alcóolico e vem em garrafa de 330 ml.

Original Texas Pecan Ice Cream Porter– Cerveja do estilo Imperial Porter colaborativa com a Buxton Brewery (UK), feita com caramelo, lactose e baunilha. Com 10% de teor alcóolico vem em garrafa de 330 ml.

Happy Hour – Feira gastronômica no Mercado de Pinheiros neste final de semana

12 de julho de 2017

2017-07-12-Happy Hour - Brahma extra no mercado1

Este é o último fim de semana para os amantes de gastronomia curtirem a Hora Extra, que estende o horário de funcionamento do tradicional Mercado Municipal de Pinheiros.

Organizado pela Brahma Extra, o projeto é uma ótima opção para reunir os amigos em um happy hour nas noites de sexta-feira (14) e sábado (15), das 18h às 22h, período em que o público poderá degustar as cervejas do portfólio de Brahma Extra harmonizadas com pratos exclusivos dos bares instalados no Mercado, a exemplo da Pizzaria Napoli Centrale, Comedoria Gonzales e o Mocotó Café. Já no domingo (16), os comensais poderão conhecer os sabores dos petiscos dos badalados bares e restaurantes participantes da feira gastronômica, que funcionará das 12h às 19h, na área externa do Mercado.

Além das atrações gastronômicas, haverá apresentações de bandas, DJs e workshops com renomados chefs de cozinha e mestre cervejeiro. No sábado (15), às 18h30, os chefs Marcos Livi e Gil Guimaraes, da Pizzaria Napoli Centrale, contam as suas experiências gastronômicas. Já no domingo os workshops serão conduzidos por Checho Gonzales, da Comedoria Gonzales, às 15h; Marcos Livi, da Pizzaria Napoli Centrale, às 17h; e pelo sommelier de cerveja Tulio Rodrigues, às 18h20. Todas as atividades são gratuitas!

Hora Extra

Local: Mercado Municipal de Pinheiros (R. Pedro Cristi, 89 – Pinheiros)
Quando: Sexta (14), sábado (15), das 18h às 22h, e domingo (16)  das 12h às 19h.

Cerveja – Heineken no controle total da Brasil Kirin

2 de junho de 2017

2017-06-02-Heineken compra Schin

A Heineken N.V. anunciou ontem a conclusão da transação para adquirir a Brasil Kirin Holding S.A (“Brasil Kirin”) da Kirin Holdings Company, Limited. O fechamento da transação seguiu o cumprimento de todas as condições precedentes, conforme acordado em 13 de fevereiro de 2017, quando a Heineken N.V. anunciou um acordo para adquirir a Brasil Kirin. Em 24 de maio de 2017, a companhia recebeu a aprovação regulamentar necessária do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) para a aquisição da Brasil Kirin.  A transação foi aprovada sem qualquer restrição.

O portfólio da HEINEKEN ficará mais forte, com marcas que vão acelerar a premiunização, como Heineken, Sol, Baden Baden e Eisenbahn. Ao mesmo tempo, esse novo portfólio permitirá um crescimento maior de marcas bem consolidadas como Schin, Bavaria, Kaiser, Amstel e Devassa nos segmentos mainstream, e marcas de não alcoólicos, como Viva Schin, Itubaína e Água Schin.

O novo cenário aumenta ainda mais a exposição e crescimento da Heineken em mercados em desenvolvimento, e permite que a companhia gere valor no longo prazo como o segundo player no mercado de cervejas, com aproximadamente 20% de market share.

 

Pistonhead Full Amber chega ao Brasil

4 de abril de 2017

2017-04-04-Cerveja Pistonhead Amber

Acaba de chegar um novo lote da cerveja Pistonhead, feita pela cervejaria sueca Brutal Brewing, do grupo Spendrups.  Em atividade desde 2011, a cervejaria tem como missão criar produtos inovadores e expansivos, lançando agora seu terceiro rótulo, a Pistonhead Full Amber.

Ela é uma  Amber Lager, com 6 %, maltes Dark Caramel, Crystal e Pilsner, lúpulos Centennial, Magnum e dry hopping com cascade e citra. No  sabor malte bem definido, caramelo, amargor mais pronunciado, leve aroma cítrico e toffle, com um corpo leve e final seco.

Retornam também ás cervejas Pistonhead Kuston Lager, com  4.6% e a Pistonhead Flat Tire com 4.5%. Todas em lata de 330 ml importadas pela Get Trade e distribuída pela Get Cervejas Especiais

Cerveja – Cervejaria Nacional lança cerveja com a Japas

24 de junho de 2016

2016-06-25 - Cervejaria Nacional e Japas Beer
Em homenagem ao mês da imigração japonesa no Brasil, a fábrica-bar Cervejaria Nacional e a Japas Cervejaria comemoram no dia 26 de junho o lançamento de mais uma sazonal conjunta, que acontecerá no próprio brew pub. A Gohan,  é uma Imperial Rice Porter com 8,2% de álcool, feita com arroz em flocos, bastante malte e lúpulos ingleses. O estilo é um clássico inglês com um toque japonês e tem aromas de caramelo e tosta que lembra o cacau.

A bebida poderá ser degustada em pints de 330 ml (R$ 18) e 570 ml (R$ 27) e terá sistema double das 13h às 18h do domingo. O gohan, que é o nome dado ao arroz japonês, é um dos principais ingredientes desta culinária e foi combinado com os maltes de cevada para criar esta cerveja potente, de alto teor alcóolico e notas de chocolate e café.

Para acompanhar a Gohan, os restaurantes japoneses Sanpo Bentô Deli, comandado por Ana Kamura e Evandro Aguiar, e Izakaya Matsu, do chef Toshi Akuta, servirão pratos exclusivos somente neste dia e horário.

A Japas também estreará no dia a Matsurika, primeira cerveja engarrafada da marca. Feita com adição de jasmin, flor que faz um dos chás mais tradicionais no Japão, a receita é uma Bohemian Pilsener com 5% de álcool. Também será servida em chope e vendida em garrafas.

O que começou como brincadeira foi tomando corpo, até que as quatro meninas cervejeiras decidiram abrir juntas uma cervejaria cigana. Com o objetivo de mergulhar suas origens orientais e aproveitar todo o potencial desse universo tão rico em aromas, sabores e cultura, surge a JAPAS. O grupo é formado por cervejeiras com experiência no ramo: Maíra Kimura, da carioca 2Cabeças, Fernanda Ueno da Colorado, em Ribeirão Preto, na mesma cidade Carolina Okubo, da Invicta e a publicitária Yumi Shimada de São Paulo que já trabalhou para algumas marcas do mercado, inclusive a própria Invicta.

Cervejaria Nacional – Av. Pedroso de Morais, 604, Pinheiros – Tel: 11 4305-9368
Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 12h a 0h, domingo, das 13h às 22h

Cerveja – Pé na Areia para comemorar o Carnaval

1 de fevereiro de 2016

Cerveja - Pe na Areia

Daqui a pouco começa o grito de carnaval com cerveja na Cervejaria Nacional em Pinheiros. Tudo isso para comemorar o lançamento da refrescante e aromática Pé na Areia, cerveja do estilo American Pale Ale com adição da brasileiríssima fruta caju.

A cerveja é uma parceria entre as cervejarias Blondine e Nacional que escolheram o caju, fruta típica do nordeste brasileiro, por ser um ícone do verão.

A Pé na Areia é uma cerveja leve, clara e com 4,6%. de teor alcoólico. O lúpulo e o caju transmitem à bebida um amargor e uma acidez extremamente refrescantes.

O evento acontecerá na Cervejaria Nacional, que fica na Av. Pedroso de Morais, 604, em Pinheiros – São Paulo -, a partir das 19h00. Posteriormente, na cidade, será possível encontrar a Pé na Areia em diversos pontos de venda, que serão atendidos com exclusividade pela distribuidora Botecaria (www.botecaria.com.br).

Cerveja – Uma cerveja pra cada dia da semana

1 de setembro de 2015

Cerveja - Lançamento da semana

A semana começa muito bem com 7 lançamentos para quem curte uma boa cerveja. A Brooklyn Sorachi Ace é uma clássica Saison, uma Farmhouse Ale não filtrada, dourada, com uma boa base maltada, com o lúpulo Sorachi Ace se destacando como personagem principal ainda tem o dry-hopping que abre seu aroma trazendo uma intensidade marcante bem condimentada. Chega agora ao mercado com uma versão de 330 ml e preço médio de R$ 28.

Estabelecida na cidade de Estiva Gerbi no interior de SP, a empresa Folhas de Oliva trabalha com produtos exclusivos feitos com azeite, folhas, extrato e essências de oliveiras de cultivo próprio.  A Luisiana, uma Dry Stout de alta fermentação sem filtragem, é primeira cerveja do mundo que utiliza em sua composição uma mistura equilibrada de folhas amargas de oliveira de cultivo próprio, que segue um ritual de produção totalmente artesanal. Vem em garrafa de R$ 300 ml e tem preço médio de R$ 21.

Eleita uma das melhores cervejas comercializadas no mercado brasileiro em 2014, a  Adnams Tally-Ho é uma Barley WIne de 7.2% de teor alcoólico e  passa por um envelhecimento de até 6 meses em barris  que serviram para armazenamento Vinho de Jerez, que dá um toque frutado mais pronunciado que as outras edições. Outra opção intressante é a Volcano Coffee Stout, uma cerveja de estilo inglês com adição de grãos de café 100% arábica produzida pela Blondine em Itupeva.

As cervejarias Júpiter e Urbana, ambas de São Paulo, lançam uma nova cerveja colaborativa, a Antimatéria Russian Imperial Stout, com 13,6% de teor alcoólico e que é maturada com carvalho, baunilha e café.

A parceria entre as cervejarias Dogma (Brasil) e Modern Times (Estados Unidos) resultou em duas novas cervejas que agora chegam ao mercado. A Modern Dogma uma Imperial Mocha Porter com 9% de teor alcoólico, garrafa de 310 ml e preço médio de R$ 26 e a Dogma Panopticon Times uma  Belgian Saison que tem na  receita o Cajá-Manga e um Dry-Hopping do lúpulo americano Equinox, para acentuar ainda mais o cítrico e tropical dessa cerveja. Com 5,6% de teor alcoólico a garrafa de 310 ml tem preço médio de R$ 22.

Bares – Rock & Brejas

10 de agosto de 2015

Bares - Bar Numero Drinks Cerveja

Até o final do mês de Agosto o Bar Numero  promove todas as quartas feiras shows que homenageiam os ícones do Rock interpretados pela Roxy Band.  Para acompanhar os shows o bartender da casa Mestre Derivan criou cinco drinks a base de cerveja em uma parceria com a cerveja  Miller. Destaque para o Moscow Mule (Cerveja Miller, Vodka, Suco de Limão e Xarope de Gengibre) e o Baja Gold (Cerveja Miller, Tequila, Curaçau, suco de limão, limão e sal defumado) Todos os drinks custam R$ 39,00.

Bar Numero – Rua da Consolação, 3585 – Tel: 3061-3995

Cerveja – Abertura da Cervejaria Artesanal no Eataly

24 de junho de 2015

Cerveja - Cervejaria Eataly

Ontem o  Eataly São Paulo abriu  oficialmente sua cervejaria, instalada no terceiro andar do predio junto ao Brace Bar & Griglia. A inauguração contou com o mestre cervejeiro italiano Teo Musso, da Baladin, que colaborou na primeira brassagem, celebrando a união cultural Brasil-Itália difundida através da filosofia do local.

Está previsto para serem produzidos os estilos Bohemian Pilsner, Witbier, Session IPA e Tripel, que serão servidos nos sete pontos de chope espalhados pelo Eataly, junto com a Paulistânia e outros chopes de micro-cervejarias nacionais convidadas. A receita que deu inicio aos trabalhos é uma WitBier que terá o nome de Primavera.

Para produzir as cervejas artesanais e estimular a difusão desta cultura, o Eataly São Paulo conta com a parceria da Academia Barbante de Cervejas(ABC), formada por um grupo de profissionais com vasta experiência no mercado cervejeiro, que representa de forma inédita diversas escolas desse segmento, incluindo a WBA (Word Brewing Academy) entidade composta pelas renomadas Doemens Akademie de Munique e Siebel Institute of Technology de Chicago.

O Eataly é o maior mercado da gastronomia e produtos artesanais do mundo e tem como um dos seus pilares o estímulo ao aprendizado e vivência de tudo o que essa cultura tem a oferecer.

Eataly São Paulo – Avenida Presidente Juscelino Kubistchek, 1489

Cerveja – Condessa d’Augusta

11 de maio de 2015

Cerveja - Condessa DAugusta

Para homenagear os 140 anos da Rua Augusta, a mais eclética da cidade de São Paulo, a cervejaria Noturna lança hoje a noite do Empório Alto de Pinheiros em São Paulo a partir das 19h, a Condessa d’Augusta, uma cerveja do estilo Saison com 6% de teor alcoólico e adição de Sálvia, Tomilho e Alecrim.

O primeiro registro da Rua Augusta aconteceu em 1875, quando ela surgiu. A badalada rua que conhecemos hoje, a princípio serviu como uma trilha para dar acesso à “Rua da Real Grandeza”, hoje Avenida Paulista.

Alem da Salvia, Tomilho e Alecrim a cerveja foi refermentada na garrafa e teve dry hopping de lúpulos americanos. A garrafa de 300 ml vai ter um preço médio de R$ 20 e R$ 23 reais nos pontos de venda.

EAP – Rua Vupubaçu, 305 – Pinheiros

Cerveja – Fio Terra uma breja com toque diferente

19 de março de 2015

Cerveja - Fio Terra

Semana passada foi lançada em São Paulo e em Blumenau a mais recente cerveja da Urbana a Fio Terra. A cerveja tem a adição de laranja à receita, o que traz sabor e aroma diferenciados. Ela é uma IPA (India Pale Ale) com lúpulo amarillo, aroma de maracujá e laranja. Possui 70 IBUs (unidade de amargor) e 6,5% de teor alcoólico. Ela terá um preço médio de R$ 18 e vem em garrafa de 310 ml.

O nome para variar vem do sócio e cervejeiro com vocação para humorista Andre Cancegliero que nunca perde uma boa piada como as já conhecidas Gordelicia, Prima Pode, Camarão, Sporro entre outras

Fundada em 2010 em São Paulo, a cervejaria Urbana começou como hobby mas a brincadeira ganhou volume, e em apenas três anos a Urbana se profissionalizou, adquirindo um galpão para a instalação de um laboratório. Com mais de 200 cervejas em seu portfólio, apenas no ano de 2014 a Urbana lançou 10 rótulos. Tem como sócios o cervejeiro André Cancegliero, o publicitário Fernando Pieratti, que elabora os rótulos divertidos e ousados, e João Luiz Braga, que trouxe sua experiência em gestão financeira ao negócio.

Cerveja – Wäls une-se à Cervejaria Bohemia

11 de fevereiro de 2015

Ontem fui para  Belo Horizonte a convite do meu amigo Zé Felipe Carneiro da Wals uma das cervejas mais criativas do país para o anúncio oficial de sua união a Cervejaria Bohemia.

O termo união foi a palavra de ordem ontem apesar de várias pessoas terem se manifestado via internet comentando que a Wals foi vendida para a Ambev (na maioria dos casos de forma contrária).

Como apreciador de boas cervejas não me interessa quem fez o que e com que ficou o que. O que importa é que o mercado de cervejas especiais está indo de vento em popa. Esta união, compra ou venda faz com que cada vez mais pessoas de norte a sul possam tomar as boas cervejas que a Wals sempre fez e vai continuar fazendo. Ah…. mas a qualidade vai mudar como a Eisenbahn e Baden Baden mudaram quando foram compradas pela Schincariol (agora Brasil Kirin). Algumas mudaram (pra melhor) outras não, isso faz parte de um negócio chamado mercado. Se não fosse a Wals provavelmente teria sido outra boa cervejaria.

O mercado esta crescendo e ações como esta fazem cada vez mais os cervejeiros caseiros que surgem todos os dias acreditarem que amanhã poderá ser um deles o novo sócio/parceiro de uma grande cervejaria. Isso acontece em todos os segmentos de negócio e não vai ser diferente no mundo das cervejas.

Portanto vamos parar de mimimi e abri uma boa breja pra comemorar. E que venham mais noticias boas deste mercado.

Abaixo o vídeo oficial onde o Zé, seu irmão Tiago, Daniel Wakswaser, diretor de Marketing da Bohemia e Ricardo Amorin, diretor de categoria na AMBEV explicam os detalhes da parceria.

 

Cerveja – As 100 melhores cervejas do Brasil

3 de dezembro de 2014

Cerveja - Livro 100 cervejas

Que o mercado de cervejas especiais está crescendo isso todo mundo já está careca de saber. O grande problema é que a informação sobre o assunto parece não acompanhar os lançamentos de cervejas na mesma velocidade. Faltam livros de qualidade sobre o assunto e principalmente aqueles que abordem o mercado nacional.

Pensando nisso o especialista em cerveja Mauricio Beltramelli editor do site BREJAS, sommelier e mestre em estilos de cerveja, é autor do livro Cervejas, Brejas & Birras, publicado pela LeYa em 2012 acabou de lançar seu segundo livro o As 100 melhores cervejas brasileiras. Uma seleção para iniciantes e iniciados, que chega às livrarias também pela editora LeYa.

Para chegar as 100 melhores Mauricio levou em conta os ingredientes  (alguns deles exóticos), sabor, cor, aroma e textura, entre outros elementos que foram utilizados como critério de escolha. Segundo ele a tarefa não foi fácil pois há muitas cervejas de qualidade no Brasil, foi difícil chegar em apenas cem rótulos.

O livro esta organizado por cervejarias, os rótulos estão em ordem alfabética e nas páginas de cada cerveja, o leitor encontrará varias informações de caráter técnico, mas adaptadas para que até o leitor mais leigo possa entende-las: estilo, teor alcoólico, temperatura para servir, amargor, dulçor, corpo, tonalidade e copo sugerido para servir os diferentes tipos. Tudo isso com muita prosa pois o Mauricio é um grande contador de histórias e causos. Para cada cerveja lá vem ele com uma curiosidade ou fato marcante. Leitura garantida com um bom copo de breja na mão.