Posts Tagged ‘Salton’

Salton lança Domenico, sua primeira marca-conceito

26 de setembro de 2018
2018-09-26-Salton lança Domenico, sua primeira marca-conceito.jpg

Foto – Cesar Adames

A família Salton lança neste segundo semestre de 2018 a Domenico, sua primeira marca-conceito, que trará para o mercado rótulos inovadores e exclusivos. Fruto do trabalho da 4ª geração à frente da empresa, o novo projeto revela um desejo de experimentação motivado pela busca de uma identidade singular para o vinho e o espumante brasileiros. Embebida na filosofia de trabalho “Lab”, a Domenico é uma spin-off que nasce para quebrar padrões e encontrar novos caminhos.

O primeiro rótulo da Domenico é o Giornata, um espumante Prosecco elaborado a partir dos melhores cachos das melhores parcelas de dois produtores selecionados. Isso só foi possível graças a um trabalho de rastreabilidade iniciado em 2004. A uva Prosecco vem mostrando resultados consistentes a cada ano na Serra Gaúcha. O Giornata por Domenico busca ser a melhor expressão deste terroir, um dos melhores do mundo para esta casta. Como um ponto de inflexão na longa trajetória da família na produção vinícola nacional, Giornata faz um brinde duplo: ao passado, homenageando os 140 anos da chegada de Antônio Domenico Salton ao país, e ao futuro, sendo ele o primeiro rótulo deste novo conceito.

Para marcar o ciclo que se renova, nada mais simbólico que um espumante, ainda mais sendo ele um Prosecco, uva-símbolo da região do Vêneto, local de origem da família. Os Salton foram pioneiros ao trazer as primeiras mudas dessa uva para o sul do país, nos anos 1990, e incentivar seu cultivo com mais força nos anos 2000. Hoje marca líder entre os espumantes nacionais, a Salton conseguiu com seu Prosecco, em menos de duas décadas, um reconhecimento internacional inédito para o vinho brasileiro. Um exemplo que ilustra isso é o fato da vinícola ter recebido recorrentemente distinções que atestam a qualidade de seu espumante, como a pontuação de 93 pontos obtida na Decanter World Wine Awards em 2016 e o prêmio de melhor espumante do novo mundo do FIZZ Festival Awards, conquistado na Inglaterra em 2017.

O segundo rótulo da Domenico deve ser engarrafado ainda este ano. Trata-se de um corte de variedades que vêm se destacando na região da Campanha Gaúcha, mostrando consistência enológica ao longo das safras. Um vinho como esse, na aposta da Domenico, deve contribuir para expressar mundialmente as particularidades do vinho brasileiro.

 

 

Anúncios

Destilados – Vodka Vorus

6 de maio de 2016

Destilados - Vodka Vorus

Foi lançada durante esta semana na APAS 2016, maior feira supermercadista do Brasil a Vodka Vorus. Idealizada e produzida pela Vinícola Salton, uma das principais do Brasil, referência na elaboração de espumantes e frisantes no mercado nacional e responsável por alguns dos vinhos mais premiados do País a vodka está sendo produzida na unidade localizada em Jarinu, interior de São Paulo.

Com nome e símbolo que remetem à cultura nórdica a vodka Vorus representa mais um passo da Salton em buscar novos nichos e oportunidades de negócios na área de destilados. A vodka está sendo produzida em duas versões a tradicional e a Vorus Red Berries, com infusão de frutas vermelhas, como morango, framboesa, mirtilo e amora.

A palavra Vorus é uma variação de vörös, que vêm do termo véres, que significa sangue. O conceito do produto é a representação da essência das tradições e histórias da região da Escandinávia grande consumidora do protudo. As garrafas de 1 litro foram feitas com exclusividade para este lançamento pela vidraria Verallia, e a tampa possui tecnologia de ponta e permite que, uma vez aberta, seja facilmente percebida, inibindo a violação do produto.

A Vorus tradicional tem 37% de teor alcoolico e a Red Berries tem 35%. O preço médio ao consumidor final deverá ser de R$ 25,00.

Paladar – Cozinha do Brasil 2011 – Sexta-Feira 29/07

30 de julho de 2011

Começou ontem o Paladar – Cozinha do Brasil 2011 promovido pelo caderno Paladar do Jornal O Estado de São Paulo. O evento esta acontecendo no Hotel Hyatt em São Paulo e vai até amanhã. A parte de gastronomia reune feras como Edinho Engel do Manacá e Amado em Salvador, Alex Atala, Jeferson e Janaina Rueda entre outros.

Na parte de bebidas o dia de ontem foi bem agitado, começamos com Café: Resgate dos Terrois Tradicionais conduzida por Ensei Neto. Engenheiro quimico Ensei é especialista em tecnologia de alimentos e consultor em marketing e qualidade  pelo Specialty Coffee Bureau.

O Brasil possui a maior diversidade de origens dentro de um país produtor de café. Com uma história de quase 300 anos, a cafeicultura brasileira passou por diversas regiões, desde o Norte, como o Pará, chegando ao Sul, no Paraná. Diversas origens tiveram seu tempo de riqueza, porém poucas se mantiveram até os dias de hoje. Num projeto de resgate histórico e econômico,
jovens empreendedores se lançaram nos últimos anos para resgatar a produção de café em origens quase desconhecidas do novo mercado de cafés com resultados surpreendentes na xícara. Ensei apresentou casos da cafeicultura da Região Serrana do Rio de Janeiro (Bom Jarim-Vale do Paraiba) , da Região de Botucatu (Fazenda Santa Margarida- São Manuel), São Paulo, de onde se originou o famoso, Bourbon Amarelo, e do Norte do Paraná (Fazenda Califórnia-Jacarezinho). Como Ensei mesmo definiu ao termino de sua apresentação: “Vocês estão provando sabores de antigamente com formas de preparo atuais”.

Na parte dos vinhos duas degustações excelentes a primeira uma vertical de Pizzato Chardonay conduzida pelo enólogo  Flávio Pizzato  que trouxe vinhos das  safras 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010 e 2011 mostrando a todos em uma das primeiras degustações verticais de brancos nacionais que o vinho branco também pode envelhecer sem perder suas características fundamentais de sabores e aromas. Logo em seguida Lucindo Copato apresentou o Salton Talento 2002, 2004, 2005, 2006 e 2007 outro exemplo de um grande vinho produzido pela Vinicola Salton em Bento Gonçalves.