Posts Tagged ‘Santo Grau’

Drinks – Drinks com Cachaça no Bar Original

18 de julho de 2017

2017-07-18-Drinks- Drinks com Cachaça no Bar Original

Sucesso desde sua abertura, em 1996, o Original faz parte do grupo Cia. Tradicional de Comércio, atualmente um dos maiores grupos gastronômico casual do país. O bar sempre foi um grande vendedor de chope sem esquecer da coquetelaria também.

Esta semana o bar começa a oferecer uma versão dos clássicos “abrasileirados”, isto é, todos drinks com a mesma base alcoolica.  A cachaça Santo Grau que foi criada em 1992 e fez uma seleção dos melhores pequenos e tradicionais engenhos do país como os rótulos Santo Grau Coronel Xavier Chaves (MG), Santo Grau Itirapuã (SP), e Santo Grau Paraty (RJ).

As novas adaptações criadas pelo bartender Rogério Souza o Frajola do Sub Astor levam seis variedades da marca Santo Grau. No decorrer dos meses, os cinco drinks mais pedidos entram para a seleção fixa da casa.

O Cachaça Negroni (R$ 23), por exemplo, leva a Santo Grau Solera Pedro Ximenes, envelhecida em barris utilizados na produção do vinho de Jerez, o que resulta em uma bebida naturalmente adoçada pela essência da fruta. Já o Cachaça Mule (R$23) tem como protagonista a Santo Grau Itirapuã, de aroma suavemente amadeirado e sabor aveludado e macio. O Cachaça Tonic (R$23) teve como protagonista a cachaça fruto da parceria com o Bar Pirajá, elaborada a partir de safras selecionadas, que entrega aroma e sabor intensos que são combinados com a citricidade do limão e perfume do zimbro. Para o refrescante French 75 (R$23), a escolhida foi a Santo Grau Coronel Xavier Chaves, de aroma intenso e sabor doce, casa bem com a acidez do limão e o frescor do espumante, usados no preparo. Completam a seleção o Bloody Mary e o Mojito.

Bar Original – Rua Graúna, 137 – Moema – (11) 5093-9486

Anúncios

Melhores de 2015

30 de dezembro de 2015

O ano termina e tá na hora de escolher os melhores de 2015 como sempre faço aqui no Blog. Não foi feita nenhuma votação, enquete entre os participantes ou pesquisa com formadores de opinião. A escolha é minha e levou em consideração o que de melhor apareceu por aqui durante este ano.

Slide1

MELHOR BAR

Empate. Não tinha como escolher um só pois na minha opinião o Frank Bar do Hotel Maksoud Plaza e o Frigobar foram as duas grandes surpresas de 2015. O Frank por trazer de volta um dos primeiros estilos de bar a serem criados o Lobby Bar de hotel que fica ao lado da recepção do hotel e tem no comando o ultra competente Spencer Amerano. O Frigobar traz o conceito dos antigos Speakeasy do período da lei seca dos Estados Unidos, tem no comando o grande entertainer Sylas Rocha e equipe e promete uma experiência única para que frequenta o bar que só abre duas vezes na semana. Apesar de terem conceitos bem distintos os dois trazem de volta uma coisa que deveria ser regra em qualquer bar de respeito, o balcão de bar onde é possível interagir com o bartender e suas criações.

Cachaças Ssnto Grau

MELHOR DESTILADO

O mercado de destilados apresentou vários lançamentos este ano mas meu destaque vai para dois lançamentos da Cachaça Santo Grau. A Solera Cinco Botas e a PX são envelhecidas em barricas que já tiveram vinho Jerez Oloroso e PX dando um toque diferenciado a Cachaça. Em um mercado com cerca de 5.000 rotulos registrados lançar um produto com diferencial e sabor especial merece com certeza o titulo de Destilado do Ano.

Slide3.JPG

MELHOR VINHO

O título de vinho do ano vai para o Espumante Lirica Crua produzido pela vinícola Hermann no sul do país. O Lirica não passa pelo processo de degougement  (retirada das leveduras após a segunda fermentação na garrafa) mantendo os sedimentos do processo de fermentação e valorizando sabores e aromas do processo de envelhecimento. O espumante é elaborado com as variedades Chardonnay, Pinot Noir e a portuguesa Gouveio e vem em garrafas com uma tampa de metal que sempre é utilizada na primeira etapa da elaboração de espumantes pelo método Champenoise/Tradicional.

Slide4

MELHOR CERVEJA

Boulevard Smokestack Series – Bourbon Barrel Quad 2014 produzida pela Boulevard Brewing Company de Kansas City no Missouri (EUA). Esta cerveja do tipo  Quadrupel tem 11,8% de teor alcoólico, recebeu nota 99 na avaliação do Rate a Beer e leva cerejas que são adicionadas durante a sua maturação em barris que já foram usados para elaboração do Whiskey do tipo Bourbon. É um ótimo exemplo de cervejas que passam por madeira em um estilo que agora começa a ser conhecido no Brasil.

Cachaça Pirajá

27 de maio de 2013

Caipirinhas - Cachaça Piraja - Fotos Leo Feltran

Uma ideia muito legal que vem ganhando mais seguidores entre bares e restaurantes é a de ter a sua própria bebida.  Desde sua inauguração, o bar de alma carioca Pirajá encantou o público paulistano com seu chope bem tirado e das caipirinhas caprichadas alem dos petiscos deliciosos. O que faltava para completar este sucesso? Uma cachaça pra chamar de sua.

Agora não falta mais, o bar lançou no último sábado a Cachaça Pirajá, bebida de blend exclusivo criado pela Santo Grau, que passa a ser vendida na casa e a fazer parte das receitas de suas caipirinhas.

A Cachaça Pirajá é produzida em Paraty, no litoral do Rio de Janeiro. À beira da Serra do Mar e sob a tradição paratiense de fazer cachaça há quase cinco séculos, a bebida é elaborada com cana de açúcar moída pela força da roda d’água. Passa por um processo de fermentação natural até que atinja o ponto ideal e os alambiques de cobre aquecidos por fogo direto façam a destilação. Só se aproveita o coração, a parte nobre da cachaça, descartando-se o início e o final da destilação. Isso acontece em um engenho comandado pela 5ª geração de alambiqueiros de uma mesma família, que destila a bebida desde 1803.

DSC_0225

Para marcar o lançamento, o Pirajá lança também uma carta com seis caipirinhas feitas com a Cachaça Pirajá. Entre elas estão duas receitas criadas com exclusividade pelo Português do famoso Quiosque do Português, tombado como bem imaterial pela prefeitura do Rio de Janeiro. A Paraty (R$ 16,50) leva Cachaça Pirajá aromatizada com pepino e lima da pérsia, e a São Jorge (R$ 16,50), Cachaça Pirajá, manga e amora.

Além dessas criações com DNA carioca, a lista traz uma caipirinha assinada pelo bartender italiano Fabio La Pietra, que acaba de assumir o SubAstor: a Pirajá (R$ 16,50), com cachaça aromatizada com semente de cacau, abacaxi “gomo de mel”, limão tahiti e gelo de água de côco. Também entram para a carta três receitas criadas para o verão e que foram sucesso absoluto: a Amores (R$ 16,50), com Cachaça Pirajá, morango, amora e maracujá, a Reserva (R$ 16,50), que leva Cachaça Pirajá, tangerina e gengibre, e a Joatinga (R$ 16,50) Cachaça Pirajá, jaca, tangerina e xarope de açúcar.

Os clientes que quiserem comprar uma garrafa para levarem para casa poderão comprá-la no Pirajá, por um preço especial de R$ 39.

Bar Pirajá – Av. Brigadeiro Faria Lima, 64 – Pinheiros –   Tel (11) 3815-6881