Posts Tagged ‘Saquê’

Festival de Saquê proporciona experiências etílicas e culturais

11 de dezembro de 2018
2018-12-11- Festival de Saquê proporciona experiências etílicas e culturais

Ilustração – Divulgação

As tradicionais bebidas japonesas ganham um festival inteiro dedicado a ela. Nomes consagrados da gastronomia paulistana, os chefs Edson Yamashita, do estrelado Ryo, e Rafael Hidaka, também estrelado, do Tartuferia Giapponese, e os restaurateurs e empresários Nino Mamoru, Celso Ishiy, Marcell Kokubo e Andre Park, juntaram-se e criaram o Sakesoldiers Festival. O evento dá aos apaixonados por bebidas alcoólicas japonesas a oportunidade de degusta-las e apreender mais sobre o assunto. Além do fermentado de arroz, os convidados também poderão experimentar cervejas artesanais e o Sochu – típico destilado do país. Workshops e palestras completam o evento que acontece domingo dia 16 de dezembro, no Hotel Intercontinental.

A fim de proporcionar aos iniciantes um domingo dinâmico, foi feita uma curadoria prévia dos diversos tipos de saquês que serão servidos e contrapostos. Conversas sobre coquetelaria, distinção de sabores e especificidades de cada bebida acontecerão durante a tarde que contará com o lineup da DJ Francesca Sardi. Um espaço aberto aos interessados em experimentar esses preciosos líquidos.

Com o apoio do Hotel Intercontinental São Paulo, o evento terá formato semelhante aos encontros de provas de vinho.  O primeiro turno será das 14h às 17h e o segundo das 18h às as 21h.  Os degustadores ganharão uma taça e uma cartela que dá direito a uma dose da bebida de cada expositor. Além disso, poderão adquirir os produtos a preços mais camaradas.

Aproveitando a efervescência da cultura oriental em São Paulo, a ocasião marcará o último mês do ano reunindo vários nomes da gastronomia interessados em compartilhar vivências e técnicas de suas carreiras. Os convites estarão à venda em diversos restaurantes japoneses, ou diretamente com os idealizadores Celso Ishiy e Nino Ichitani, pelo valor de R$120. Mas tem que correr pois são apenas 250 convites por turno.

Sakesoldiers Festival 2018

Hotel Intercontinental São Paulo (Sala Giorgia e Sala Nery)

Domingo –  16 de dezembro, das 14h às 17h ou das 18h às 21h

Convites: Celso Ishiy, 11. 98175-8392 celso.ishiy@hotmail.com e Nino Ichitani, 11. 99660 – 9069

Anúncios

Izakaya Toki

2 de julho de 2018

2018-07-02-Izakaya Toki

Semana passada fui conhecer o Izakaya Toki em Pinheiros. Izakaya é um bar de clima informal onde os japoneses se encontram para petiscar, tomar uma boa bebida e conversar e o nome Toki significa “tempo” em japonês.

Para começar pedi o Kombucha Spritz (Kombucha, aperol, campari e espumante (R$31) e para acompanhar uma entrada o bun, pão chinês no vapor, porção individual, que ganha recheio de Barriga de porco, tarê, pepino e sriracha mayo (R$15).

Outro drink que vale a pena experimentar é o Yuzu Highball (Bourbon, xarope de yuzu e club soda (R$27) que foi muito bem com o karaague, sobrecoxa de frango empanada, tempero asiático e sriracha mayo (R$ 19).

O Toki tem ambiente moderno com bar, cozinha aberta para o salão principal e um grande balcão onde dá para tomar drinques e solicitar uma refeição.

O cardápio apresenta receitas tradicionais japonesas inspirados em pratos do dia a dia descobertos pelos sócios Arthur Seitsugo e Renato Issatugo nos períodos em que moraram no Japão.

Há também uma carta elaborada pela sommelière de saquês Sônia Yamane, vendidos em dose ou garrafas. Na seção de cervejas, duas japonesas: Kirin Ichiban  ou Orion.

Izakaya Toki – Rua Artur de Azevedo, 986, Pinheiros, São Paulo – Telefone: 3061-2349

Drinks – 3 X Sake

11 de maio de 2015

Drinks - Sake Jun Daiti

São raras as possibilidades de provar drinks com Sake e quando aparecem tem que aproveitar. O La Bodeguita, casa que fica na Alameda Tietê, 360 está oferecendo três drinks com o o Sake Jun Daiti harmonizando com as tradicionais tapas espanholas.

Os drinks são o Jun Daiti Cranberry, , que junta sake, suco de cranberry e limão siciliano, o Jun Daiti Ginger que tem sake, xarope de gengibre, suco de limão Taiti, uva thompson e manjericão na receita (na minha opinião o melhor dos três), e Jun Daiti Tea, preparado com xarope de cardamomo, suco de limão siciliano e chá de camomila.

Dependendo do horário ainda dá para aproveitar o parklet em frente ao bar. A iniciativa patrocinada pelo Sake é uma vaga de estacionamento em frente à casa totalmente transformada em uma área com bancos, mesas, ombrelones, fontes para recarga de aparelhos celulares movidas à energia solar.

La Bodeguita, –  Al. Tietê, 360 – Tel: 2691-3557

Sake – Hakushika Weekend

4 de dezembro de 2014

Diversos - Sake Weekend

Um final de semana para divulgar o saquê. Esta é a proposta do 1º Sake Hakushika Weekend, que oferece um prato especial + degustação de saquê premium + livro Guia Prático de Saquê, do autor brasileiro Celso Ishiy. O evento vai acontecer em  5 restaurantes neste final de semana de 5 a 7 de dezembro. Os pratos serão preparados no dia e cada restaurante vai estabelecer o preço do combo.

A Hakushika é a principal marca de saquê premium no Brasil e neste ano completa 20 anos de importação pela Tradbras, especializada em trazer bebidas japonesas de alto padrão. O objetivo do evento é ampliar o acesso para um tipo de saquê que pouca gente ainda conhece a versão premium, que pode ser consumida pura.

Um dos pontos que me chamou a atenção neste evento é que não só vai ter comida e bebida. Para que a informação seja completa, o combo inclui ainda o recém-lançado Guia Prático de Saquê, que promete facilitar a vida de quem está dando os primeiros passos no fascinante universo do saquê. No livro estão respostas para perguntas como: bebe-se saquê com sal? Existe mais de um tipo de saquê? É melhor quente ou gelado? Por que se toma a bebida em copo quadrado? Com quais tipos de comida harmoniza? É verdade que não dá ressaca?

1º Sake Hakushika Weekend

Kosushi Itaim – Rua Viradouro, 139 – Itaim Bibi, São Paulo

Kame Kami – R. Angelina Maffei Vita, 493 – Jardim Europa, São Paulo  

Restaurante Tottori – Barueri – Av. Copacabana, 148 

Little Tokyo – São Caetano do Sul – Alameda Terracota, 545,

Kabuto Restaurante – Belo Horizonte – R. Pium-i, 736 – Carmo, Belo Horizonte – MG

 

Livro – Guia Prático do Saquê

25 de setembro de 2014

Livro - Guia Pratico Saquê

O Saquê está em alta, este é o segundo livro que comento este mês sobre o assunto e gostei muito do que vi. Simples, didâtico e acima de tudo barato (R$ 24,90) o livro de Celso Ishiy, sommelier de saquê e um dos principais especialistas no assunto no Brasil é uma ótima opção para introduzir o assunto pela forma simples e direta que aborda o assunto.

O livro aborda em onze capítulos os principais tópicos sobre a bebida. As origens e lendas, os métodos de produção, os principais tipos, as regiões produtoras, o melhor jeito de se consumir, entre outros assuntos.

O livro vem em boa hora pois atualmente o mercado brasileiro já conta com  70 rótulos e vem crescendo. Para se ter uma ideia do tamanho deste mercado existem 1.800 fabricantes de saquê apenas no Japão que produzem cerca de 40.000 rótulos.

Guia Prático do Saquê

Formato: 12 X 21 cm

Páginas: 96

Preço sugerido: R$24,90

Drink – Bar da Dona Onça lança drink Jun Daiti Soda para o verão

7 de novembro de 2013

(Foto: Rodrigo Capote)

Amanhã a chef Janaína Rueda lança o drink de verão do Bar da Dona Onça: Jun Daiti,Soda, que foi criado pra ser servido em jarra e que combina sake, refrigerante de limão, pedaços de abacaxi e muito gelo. A jarra serve quatro pessoas.

O drink entra no cardápio do bar por combinar com o verão e ser servido em jarra uma das novas tendências na coquetelaria mundial. O bar da Dona Onça vai servir Jun Daiti Soda também nas versões com morango e com kiwi. Para acompanhar o drink, a chef recomenda petiscos como os croquetes de carne de panela, a couve flor à milanesa e o bolinho de arroz carnaroli aquarello com açafrão da terra, outra novidade do cardápio do bar.

O sake Jun Daiti é produzido na Califórnia, pasteurizado e engarrafado no Brasil e por isso é considerado um produto nacional. De sabor suave, tem teor alcoólico de 14%. As garrafas com 670 ml estão à venda nos principais supermercados de todo o Brasil pelo valor sugerido de R$ 21,90 cada.

Jun Daiti Soda

Ingredientes:

240 ml de Sake Jun Daiti

200 gramas de abacaxi cortado e descascado

160 ml de refrigerante de limão

Gelo

Jarra de 1 litro

Modo de preparo:

Coloque na jarra o abacaxi e macere. Acrescente o gelo, o sake e a soda e misture.

Pode ser feito com outras frutas, como morango ou kiwi.

 

Saquê do Iglu chega ao Brasil

18 de maio de 2013

iglu

O mercado de saquê no Brasil está ganhando um concorrente peso pesado. É o Taisetsu, um saquê premium produzido dentro de um iglu na cidade de Asahikawa, na província de Hokkaido, no extremo norte do Japão. A fabricante Takasago Shuzo é a única do mundo a utilizar esta forma de produção. A garrafa  de Taisetsu Ice Dome de 300 ml custa em média R$ 60,00 e a de 720 ml R$ 120.

O interior do iglu garante uma temperatura baixa e constante de -2 ºC, com 90% de umidade, o que previne a oxidação do saquê e a perda de aromas por evaporação. O Saquê do Iglu pertence à categoria junmai ginjyo, o que significa que não tem adição de álcool etílico e seu grão de arroz tem um polimento de 50%, garantindo a pureza e qualidade superior da bebida. É um saquê seco e com um sabor suave e distinto, que o torna excelente para harmonizar com peixes grelhados e sashimi.

TAIiSETSU300 okA produção de saquê acontece em um tipo de iglu chamado Himuro. Dentro do iglu, sacos de tecido cheios de mosto (moromi) são pendurados e, sem o uso de qualquer pressão ou contato com as mãos, gotas de saquê são recolhidas uma a uma. Este método teve início há 20 anos com a colaboração do laboratório Kokawa da Universidade Tokai, em Hokkaido.

Graças a essa condição natural e única, é possível manter um alto padrão no controle de qualidade, pois as gotas de saquê podem ser coletadas à noite sem pressa ou compressão. A produtora Takasago Shuzo acredita que é um privilégio fornecer saquê do iglu de Asahikawa e se orgulha de dar continuidade a este método. Este processo só é possível em lugares particularmente frios como Asahikawa, onde a temperatura atinge -15 ºC. São necessárias duas noites para finalizar o iglu de 10 metros de diâmetro, 2,7 metros de altura e 15cm de espessura.

A importação do Saquê do Iglu Taisetsu para o Brasil é feita pela Tradbras e ele pode ser encontrada no Marukai na Rua Galvão Bueno, 34.

Degustação harmonizada para comemorar o Dia do Saquê

20 de setembro de 2011

Para celebrar o Dia do Saquê, que acontecerá em 1º de outubro, o Itigo, especializado em saquê e culinária japonesa, preparou para os clientes uma régua de degustação especial com harmonização composta por 3 tipos de saquê, em doses de 50 ml, e um prato com os respectivos acompanhamentos para serem harmonizados com cada bebida.

A promoção acontecerá na semana que antecede a data, entre 27 de setembro e 1º de outubro, e custará R$ 38,00. O cardápio especial é individual e composto por saquê seco com karaage (frango a passarinho estilo japonês); saquê nigori com morokyu (pepino com molho de misso) e saquê extradry com costela de porco apimentada.

Harmonizamos 3 tipos de saquês com iguarias japonesas de modo que fiquem perfeitamente equilibradas para que os clientes possam aproveitar todo sabor e textura de cada tipo de saquê combinado com os sabores da cozinha japonesa tradicional”, explica Ana Toshimi Kanamera, sócia do Itigo e expert em saquê. Ana estudou a arte do saquê no Japão e possui o ASP – Advanced Sake Professional, concedido pelo The Sake Educational Council, presidido por Gaunter, que difunde a arte do saquê para o mundo.

Todos os clientes que forem ao Itigo na semana comemorativa poderão concorrer a uma garrafa de saquê superpremium Taisetsu no Kura, que será sorteada no sábado, dia 1º de outubro. Para isso, basta preencher um cupom que será fornecido pela casa.

Dia do Saquê – De acordo com as tradições japonesas o dia 1º de outubro marca o final da colheita do arroz utilizado como base para o saquê. É a partir dessa data que se pode iniciar a produção da bebida. Por isso, o dia 1º de outubro foi escolhido para ser o Dia do Saquê. O Dia do Saquê, em japonês se diz nihonshu no hi, teoricamente é comemorado só no Japão. Mas nos países consumidores de saquê, como o Brasil, a data também é celebrada.

Itigo – Alameda Lorena, 871 – Jardins

Horário: a partir das 19 horas