Abracerva comemora 400 associados

17 de agosto de 2018

2018-08-17 Abracerva comemora 400 associados

O mercado da produção de cervejas artesanais está em pleno vapor. E o número de cadastros que a Abracerva  divulgou esta semana só comprova o quanto o segmento está aquecido. Ao todo, 400 associados fazem parte da entidade, que trabalha para unir os representantes do setor e fomentar o seu crescimento. No final de 2017, o número era cerca de 150.

A Associação Brasileira das Cervejarias Artesanais (Abracerva) foi fundada em outubro de 2013 para reunir e defender os interesses das cervejarias e da cadeia envolvida com o setor no país. Desde então, iniciou a articulação para a entrada das microcervejarias no Simples e prevê novas ações e benefícios aos usuários.

Segundo Carlo Lapolli, presidente da Abracerva, o indicador é bastante positivo. “Em menos de um ano que abrimos a possibilidade de associação, conseguimos abranger grandes nomes do mercado e também negócios que estão procurando seu espaço no setor. A ideia é justamente essa: criar uma grande rede para que possamos buscar uma melhor competitividade e elevar o segmento no país”, afirma.
Consultorias, parcerias com fornecedores e outros profissionais do ramo já fazem parte dos serviços que a Abracerva oferece com descontos para os membros. De acordo com Lapolli, o intuito é trazer ainda mais facilidades para os associados. “É uma forma de contribuir para que todas as marcas possam ter representatividade no país, independentemente do local de atuação”, diz. Proprietários de bares, brew pubs, distribuidores e de cervejarias ciganas também podem se tornar membros da entidade.
Todas as informações para ser um associado estão disponíveis no site www.abracerva.com.br.

Anúncios

Divulgada a data de premiação do 50th Best Bars 2018

16 de agosto de 2018

2018-08-16- Divulgada a data de premiação do 50th Best Bars 2018

A 10ª edição dos 50 melhores bares do mundo vai acontecer na quarta-feira, 3 de outubro de 2018, no Roundhouse, em Londres, Reino Unido. O evento seguirá sua rotina tradicional com  uma contagem regressiva ao vivo da lista que revelará o vencedor deste ano, votado por mais de 500 especialistas do setor em todo o mundo, na qual com muita honra faço parte.

Outras categorias de premiação que serão anunciadas irão incluir a de Icone da Indústria, o Bartenders ‘Bartender, que é votado pelos bartenders dos 50 Melhores Bares do Mundo. Ainda teremos premiação do One To Watch Award, para o bar que ganhou destaque e a do Legend of the List, que é o bar com mais frequência nas últimas premições.

Este ano também pela primeira vez teremos o Sustainable Bar Award, que será concedido ao bar da lista com a mais alta classificação global de sustentabilidade, conforme auditado pela Sustainable Restaurant Association. O Continental Awards também honrará o melhor bar em cada região – América do Norte, América do Sul, Europa, Oriente Médio e África, Ásia e Australásia.

Uma lista dos bares entre 51 e 100 no mundo, conforme votado pela academia global, será revelada duas semanas antes do evento de premiação no dia 19 de setembro.

Charuto  Monte Pascoal Reserva da Familia

14 de agosto de 2018

2018-08-14- Charuto Monte Pascoal Reserva da Familia

Não é todo dia que a indústria brasileira de charutos tem algo novo para contar.  Ainda mais quando este algo novo tem 10 anos de envelhecimento e maturação.  Com fluxo diferenciado, saboroso, redondo e equilibrado o único double figurado nacional em Edição Limitada de 400 caixas de cedro com 7 charutos cada chega ao mercado.

O Monte  Pascoal Reserva da Familia ficou envelhecendo e descansando em sala de cedro climatizada por exatos 10 anos. Destinados exclusivamente ao consumo de seu fundador, amigos e familiares, recentemente foi oferecida a um grupo de charuteiros em uma visita a fábrica na Bahia e desde então, inúmeros pedidos chegaram as mãos de Lorenzo Orsi, que decidiu compartilhar este lote com os Amigos da marca Monte Pascoal.

Manufaturados exclusivamente com tabacos mata fina e mata norte, cada caixa contém 7 charutos em formato diferenciado, conhecido tecnicamente como “Perfecto” (anel 58 / 2,3cm x comprimento 149mm), esta bitola proporciona maior complexidade de queima, sabor mais pronunciado e delicada riqueza de aromas. Devido ao seu formato “double figurado”, sua combustão começa mais lenta e o fluxo um pouco mais apertado do que o tradicional. Esta batalha inicial é vencida após os primeiros 3 cm de queima, então o fluxo se abre com uma rica explosão de sabores e a recompensa é um charuto que evolui saborosamente a cada baforada.

Sua degustação é uma grata surpresa e o sabor final é redondo e delicado.  Os 10 anos de envelhecimento proporcionam um charuto mais saboroso, equilibrado e sua fumaça tem perfume mais suave, menos áspera e o paladar final é tostado, saboroso e bem arredondado.  Indicado aos apreciadores que buscam uma degustação diferenciada, desafiadora, com maior complexidade de queima e certamente a recompensa será um charuto único e especial. O preço médio pela caixa com 7 charutos será de R$ 390,00.

Livro Eu só queria jantar

14 de agosto de 2018

2018-08-14- Livro Eu só queria jantar

O texto de hoje é sobre o mais recente livro do consultor gastronômico Luiz Américo Camargo. No livro Eu só queria jantar (Editora CLA, R$ 48,00, 229 páginas), ele reúne 120 textos que têm como eixo comum o universo da comida e dos restaurantes.

Conheci Luiz Américo muitos anos atrás, primeiro lendo seus textos no caderno de gastronomia Paladar do jornal O Estado de São Paulo que ele ajudou a criar. Depois tive a oportunidade de conhecer pessoalmente e assistir suas palestras durante os eventos Paladar do Brasil também organizados pelo jornal. Posso dizer que aprendi muitas coisas com seus textos e principalmente com suas apresentações. Alguns ensinamentos como;  “Para que falar mal se temos outras coisas que podemos falar bem?”, selecionar a noticia que realmente interessa ao leitor e acima de tudo treinar o paladar, tanto para comida quanto para a bebida. Só assim é possível ter um juízo de valor e competência para comentar algo.

Voltando ao livro, a coletânea de artigos inclui a produção diversificada do autor ao longo de vários anos. Como ele mesmo explica, uma das vertentes é a do “crítico sempre em busca de prestar um serviço para os leitores; de construir um pouco do contexto (a cozinha, o cenário geral, o momento urbanístico) em que se encontra cada restaurante; de tentar transmitir a experiência de um conjunto de refeições, e fazer o leitor pensar a respeito”. Para quem gosta da gastronomia e de comer com certeza este livro é um prato cheio.

Brooklyn Brewery será produzida no Brasil

13 de agosto de 2018

2018-08-13 – Brooklyn Brewery sera produzida no Brasil

A Brooklyn Brewery anunciou hoje, 13 de Agosto, que estabeleceu uma joint venture no Brasil para a produção e distribuição das cervejas Brooklyn Brewery no Brasil. A Brooklyn Brewery Brasil será sediada em Curitiba e terá staff nos principais centros metropolitanos. A joint venture está sendo formada com a Maniacs Brewing, uma empresa afiliada da importadora da Brooklyn para o Brasil.

“O Brasil é um dos mais importantes mercados de cerveja no mundo, e assim como todos mercados desenvolvidos, a cerveja artesanal está desempenhando um papel importante e crescente”, explica Eric Ottaway, CEO da Brooklyn Brewery. “Nós temos vendido cervejas Brooklyn no Brasil desde 2010, e acreditamos que agora é o momento certo para investir localmente e atingir todo o potencial das cervejas Brooklyn no Brasil”.

Inicialmente a Brooklyn Lager, medalha de ouro na World Beer Cup 2018 na categoria Amber Lager, e a Brooklyn East India Pale Ale serão produzidas no Brasil, mas ao longo do tempo outras cervejas também passarão a ser produzidas localmente. Lançamentos especiais continuarão sendo exportados dos Estados Unidos. É esperado que as cervejas produzidas localmente comecem a chegar ao mercado no quarto trimestre de 2018.

Iron Mendes, CEO da Maniacs Brewing, irá liderar a operação da Brooklyn Brewery Brasil. Com mais de 15 anos de experiência na importação e venda de cervejas artesanais no Brasil, ele gerenciará um time local de 12 pessoas cobrindo produção, logística, administração e vendas. “Estou entusiasmado em nos associarmos com a Brooklyn Brewery para a produção aqui no Brasil. A Brooklyn Lager e a Brooklyn East India Pale Ale já são bem conhecidas na nossa comunidade de cervejas artesanais e com a produção local supriremos o mercado com cervejas mais frescas”.

Viagem com o Barman

13 de agosto de 2018

2018-08-13 – Viagem com o Barman.jpg

Que tal degustar cinco drinques por R$ 80,00  e escutar as histórias contadas direto por seu criador? Esta é a proposta do Gabriel Santana, responsável pela carta de drinks do bar Benzina e condutor deste projeto que acontece somente as terças feiras para oito clientes.

Os drinks variam de tempos em tempos e você pode acompanhar de perto seu preparo, ouvir um pouco das inspirações e do processo de criação de cada um e tirar eventuais dúvidas.

Entre os drinks que já foram servidos criações como o Samba Punch, que leva Gin Hendrick’s, suco de limão, água de coco, xarope de flor de sabugueiro, suco de maçã, licor de maraschino, spray Rose e sorbet de limão, o At Home, uma combinação de bourbon Bulleit, melancia e suco limão siciliano, servido com melancia grelhada, e o My Garden 23,com rum, cordial de açaí, bitter de vanilla, espuma de água de coco e alecrim, servido com coco desidratado defumado no alecrim, entre outras combinações inéditas.

Para participar tem que reservar com antecedência.

Benzina – Rua Girassol, 396Telefone: 3031-2008 / 3034-1991

Horário de funcionamento: Terça a sábado, das 18h às 02h

 

Você conhece o Sylvester?

10 de agosto de 2018
2018-08-10- Você conhece o Sylvester.jpg

Foto – Cesar Adames

Para quem é fã de desenho animado (sem entregar a idade) Sylvester and Tweety conhecidos aqui no Brasil como Frajola e Piu-Piu sempre fizeram a alegria da criançada nas manhãs e tardes antes de ir ou voltar da escola.

Para os maiores de idade que já podem beber, um outro Frajola vem fazendo a alegria etílica dos apreciadores de bons drinks a um bom tempo.  Rogério “Frajola” Souza é uma referência na execução de drinks clássicos e atendimento com elegância. Foram 16 anos de balcão de bares como Sub Astor e Astor e quem gosta de bons drinks com certeza já foi atendido por ele.

Agora  em um casa para chamar de sua o Sylvester que abriu recentemente em Pinheiros ele apresenta um menu de drinks clássicos e autorais  todos por menos de R$ 30,00. Os clássicos, no total de 24, são o old fashioned, boulevardier, fitzgerald, sidecar, martinez, sazerac, hanky panky entre outros e saem por R$ 25,90.

Você conhece o Sylvester1

Montagem e fotos – Cesar Adames

Entre os 8 drinks autorais não deixe de experimentar o Twity que leva vodka, purê de cenoura, xarope de mel, suco de limão e folhas de hortelã e o Sylvester com Rum, limão taiti e siciliano, xarope de castanha com bitter de chocolate e espuma de gengibre com jasmim, os dois por R$ 26,90.

Na parte dos comes pratos clássicos como Filé Oswaldo Aranha, Steak au Poivre Vert e Picadinho La Bohem. Para petiscar Coxinha Paramount, Dadinho de tapioca com queijo coalho e mini pasteis.

Sylvester Bar  – Rua Maria Carolina, 745, Pinheiros, tel.: (11) 3034-1268. 
Segunda a sexta, 17h/0h;  Sábado, 12h/0h;   Fecha aos domingos.

8º. Tasting Wines of Chile

9 de agosto de 2018

2018-08-09- 8º. Tasting Wines of Chile

Um dos eventos mais esperado pelos apreciadores de vinhos é o Tasting Wines of Chile que acontece em São Paulo todos os anos e chega a sua oitava edição. Com presença maciça nas prateleiras de lojas e supermercados, em restaurantes, na mente e no paladar dos consumidores brasileiros, o Chile se destaca por sua produção variada de vinhos: são vales, uvas, terroirs e tecnologias que, combinados, resultam em infinitas possibilidades.

No Brasil o êxito dos vinhos do Chile está impresso nos números: o país lidera o ranking de vinhos importados há 16 anos e fechou 2017 detendo, em volume, mais de 45% do nosso mercado, mais do que o dobro do segundo colocado, com aumento de 18,2%. Em valor, o crescimento foi de 17,4% no ano passado, que representa uma fatia de mercado de 43,7%.

Este ano o evento contou com 37 produtores e antes da abertura do salão ao público aconteceu uma Masterclass com 10 rótulos selecionados. O tema deste ano  foram os blends, vinhos que levam diferentes tipos de uvas em sua composição. Veja abaixo quais foram, sua coposição e preço ao consumidor final.

Toro de Piedra Gran Reserva – Viña Requingua –  85% Carmenere – 15% Cabernet Sauvignon – R$ 70,00

Novas – Emiliana  Vineyards –  85% Carmenere – 15% Cabernet Sauvignon – R$ 80,00

Quinta Generación 2015 – Casa Silva – 45% Cabernet Sauvignon, 45% Carmenere, 5% Syrah, 5% Petit Verdot – R$ 180,00

Siegel Unique Selection 2014 – Siegel Ffamily Wines – 45% Cabernet Sauvignon, 37% Carmenere, 20% Syrah – R$ 135,00

Caballo Loco Grand Cru Apalta 2014 – Valdivieso – 70% Carmenere, 30% Cabernet Sauvignon – R$ 345,00

Don Reca Cuvee 2015 – Viña Rosa – 50% Carmenere, 24% Merlot, 14% Cabernet Franc, 10% Cabernet Sauvignon, 2% Petit Verdot – R$ 110,00

Memorias – Viña El Principal – 63% Cabernet  Sauvignon, 22% Syrah, 15% Petit Verdot. – R$ 320,00.

Marques de Casa Concha Etiqueta Negra 2016 – Concha y Toro – 60% Cabernet Sauvignon, 32% Cabernet Franc, 8% Petit Verdot – R$ 230,00.

Enclave – Ventisquero – 87% Cabernet Sauvignon, 6% Petit Verdot, 5% Carmenere, 3% Cabernet Franc – R$ 860,00

Lota – Cousiño Macul – 75% Cabernet Sauvignon, 25% Merlot – R$ 595,00.

Glenfiddich Fire & Cane

7 de agosto de 2018

2018-08-07-Glenfiddich Fire & Cane

A linha Experimental Series do Single Malt Whisky Glenfiddich acaba de ganhar mais um rótulo, o Glenfiddich Fire & Cane. A linha já tinha os rótulos Glenfiddich IPA e Glenfiddich Project XX lançados em 2016 e o Glenfiddich Winter Storm lançado em 2017.

O Fire & Cane é um Single Malt defumado sem idade declarada que passa primeiro por barricas de ex-Bourbon whiskey para depois passar por barricas que já tiveram Rum produzido na América Central . Com teor alcóolico de 43% a garrafa com 700 ml já está disponível no mercado norte-americano por US$ 50 e chega ao Reino Unido em Outubro.

Perro Libre em São Paulo

6 de agosto de 2018
2018-08-06- Perro Libre em São Pauloa

Foto:  Facebook da Cervejaria

A Perro Libre, famosa cervejaria cigana de Porto Alegre, inaugurou recentemente sua primeira unidade em São Paulo no bairro de Pinheiros, em um projeto que segue o formato da matriz gaúcha, inaugurada em 2017.

O conceito proposto pela marca é de 15 torneiras de chope para os clientes degustarem e experimentarem diferentes sabores. Os rótulos mudam, com cervejas da marca e outras convidadas, trazendo sempre novidades do mercado. Cada torneira tem um painel individual, com todas as informações: nome, estilo, teor alcoólico e preço por ml. O sistema permite que cada um prove a quantidade exata que deseja de cada rótulo. A Perro Libre é o primeiro bar na cidade com 4 zonas de temperatura na câmara fria, que mantém cada tipo de cerveja na temperatura ideal para o seu consumo.

O menu, criado pela chef Monica Galbeno, traz receitas com inspiração Latino Americana, como o Ceviche de peixe ​ (peixe branco selvagem fresco marinado no limão, temperado com pimenta dedo de moça, coentro e cebola roxa), a Saltena (​empada assada típica boliviana, suculenta e bem temperada, feita com batata, ovo cozido, carne picada na faca, aji vermelho, azeitona preta, uvas passas e ervilhas frescas) e o típico prato boliviano, o Sanduíche de Chola ​ (sanduíche de rua de Cochabamba, feito com pernil de porco assado por 14h na cerveja, cebola, aji rojo boliviano, temperos andinos e tomates frescos, no pão levain).

O serviço é independente e sem garçom,  água filtrada é a vontade e todos os pratos, talheres e canudos são de materiais recicláveis, reforçando o consumo consciente e responsável.

Perro Libre Pinheiros – Rua Cunha Gago, 83 – Tel: (11) 3562 8070

 

Smirnoff Moscow Mule

3 de agosto de 2018

2018-08-03-Smirnoff Moscow Mule

Disponivel apenas nos Estados Unidos até setembro de 2018 a marca de vodka Smirnoff acaba de lançar a versão engarrafada do drink Moscow Mule.  A receita criada entre 1941 e 1946 e sua origem e criação é disputada até hoje leva vodka, ginger beer, limão espremido e gelo servido tradicionalmente em uma caneca de cobre.

Por conta disso a cor da garrafa lembra a cor da caneca onde é servida. A idéia do lançamento é oferecer ao público mais uma opção ready to drink que já conta com as versões Smirnoff Peppermint Twist e Smirnoff Red, White & Berry.

Com teor alcóolico de 30% e apresentada em garrafas de 50ml e 750 ml (US$14.99) ela pode ser encontrada em algumas lojas selecionadas dos Estados Unidos.

 

7° Festival da Coxinha e da Cerveja Artesanal

2 de agosto de 2018

2018-08-02-7° Festival da Coxinha e da Cerveja Artesanal

Uma das duplas mais querida de muita gente a coxinha e cerveja artesanal, está de volta no dia 5 de agosto das 12 às 19 horas no 7° Festival da Coxinha e da Cerveja Artesanal na Associação Hokkaido, Rua Joaquim Távora, 605 na Vila Mariana a poucos metros do metrô Ana Rosa.

No cardápio, lançamentos como crepe de coxinha, coxinha atolada, cupcake de coxinha e hambúrguer de coxinha, além da garantia de delícias como coxinha de jaca, coxinha de bacon, coxinha de massa de mandioca, coxinha com molhos (parisiense, estrogonofe e americano) e as coxinhas que já são aguardadas, como a tradicional, a de carne seca, camarão, shimeji, brócolis, salmão, costela e as doces de Nutella com morango e de brigadeiro, entre outras. E mais uma grande variedade de doces, incluindo integrais, veganos e vegetarianos, do Festival de Sobremesas que acontece em paralelo.

Na parte das cervejas artesanais já estão confirmadas com vários rótulos a Cervejaria Camilos, Cerveja Los Compadres, Cervejaria Hettwer, Cervejaria Insana, Cerveja Benedetto  e Beer Truck Veloso.

 

7° Festival da Coxinha e da Cerveja Artesanal

Data: 5 de agosto de 2018 (domingo)

Horário: das 12h às 19h

Local: Associação Hokkaido – rua Joaquim Távora, 605 – Vila Mariana (a poucos metros do metrô Ana Rosa)

2 anos de Napoli Centrale

1 de agosto de 2018

2018-08-07- 2 anos de Napoli Centrale

A Napoli Centrale, do chef gaúcho Marcos Livi e do pizzaiolo de Brasília Gil Guimarães, acaba de completar dois anos. Para comemorar a data eles convidaram as chefs Janaína Rueda, Mara Alcamim e Mara Salles para criar sabores de pizza inéditos que estarão à venda durante o mês de Agosto.

A ideia é que cada receita permaneça no Menu por dez dias. Janaína Rueda, chef do Bar da Dona Onça assina a Pizza Felina feita com molho de tomate, champignon fresco picado, fatias de linguiça calabresa da Frigor Cinque, queijo pardinho, folha de manjericão, cebola roxa e pimenta calabresa.

A segunda pizza a entrar no cardápio é a Pizza Mexidão Candango, de Mara Alcamim, do Restaurante Universal, em Brasília. Ela leva carne de lata Universal, cebola roxa, coentro, linguiça caseira suína, molho de tomate, fior di latte, pimenta dedo de moça e rapadura.

Para encerrar o mês, a pizza Panc, idealizada por Mara Salles do Tordesilhas leva queijo fresco de ovelha Gosto da Rima, além de pupunha e pancs (plantas alimentícias não convencionais) cruas da Feira do Produtor Orgânico Parque da Água Branca. O valor de cada pizza será de R$ 33.

Evento Vinho na Vila

31 de julho de 2018

2018-07-31- Evento Vinho na Vila

A edição comemorativa do Vinho na Vila, acontece durante os dias 4 e 5 de agosto de 2018, no Museu da Casa Brasileira (MCB), o evento agrega aos já usuais produtores de vinhos e espumantes de pequenas e médias vinícolas nacionais, expositores de diversos segmentos com o objetivo de entreter os visitantes. Estão confirmadas as participações de 18 vinícolas, 15 produtores de gastronomia artesanal, 4 de bebidas e 4 food trucks.

O evento que nasceu há dois anos para impulsionar o mercado produtor brasileiro de vinhos, cresceu, ganhou reconhecimento, elevou o status do produto nacional.

Para a diversão dos participantes, a organização preparou a “Pisa na Uva”, experiência que revive a técnica artesanal europeia de produção de vinhos. Intervenções artísticas, oficina para crianças, aulas de drinks com gin, a feira enocriativa que reúne cerca de 24 expositores de design, moda, arte e gastronomia. Além da oportunidade de comprar produtos direto dos produtores com preços especiais.

As marcas de Gin que estarão no evento são a Beg for Gin, de Campinas (SP) e o Gin Amázzoni, do Rio de Janeiro (RJ), esta última será apresentada pela Apothek Drinks. Ambas as marcas ensinarão drinks para os visitantes. As vinícolas da edição são de Minas Gerais, Paraná, Serra Gaúcha, São Paulo e Santa Catariana e a taça especial que está inclusiva no valor do ingresso é de cristal da marca Bohemia, uma das maiores fabricantes de taças do mundo.

Vinho na Vila – Dias 4 e 5 de agosto – Sábado e domingo, das 10h00 às 20h00

Entrada Gratuita

Museu da Casa Brasileira – Av. Faria Lima, 2705 – Tel.: (11) 3032-3727

Ingresso degustação: R$ 50,00 – primeiro lote – http://bit.ly/VinhoNaVilaNoMCB  – Degustação de vinhos com direito a taça de cristal do evento, que dará acesso a todos os rótulos.

Mestre-cervejeiro explica por que não se deve reclamar  da espuma da cerveja

30 de julho de 2018

2018-07-30-Mestre-cervejeiro explica por que não se deve reclamar

Quem nunca se deparou com um copo de cerveja com espuma. E a cena vem acompanhada de algum questionamento do tipo: “Essa espuma toda é só prejuízo”. O que a maioria das pessoas não sabe é que aquela faixa branca localizada acima do líquido tem a sua função, não apenas visualmente, mas é fundamental para a manutenção do aroma, temperatura e sabor da cerveja.

Tecnicamente, a espuma é uma camada composta por uma grande quantidade de bolhas de gás carbônico que se forma na superfície do líquido quando ele é agitado, movimentado ou fermentado. Ou seja, é principalmente no momento de servir que a espuma se forma. Isso dá à cerveja uma característica singular, já que ela é a única entre todas as bebidas alcoólicas a possuir este componente.

“A recomendação é que toda cerveja servida possua espuma. É uma espécie de atestado de saúde ou de qualidade, criando uma verdadeira camada protetora do líquido”, comenta Leon Mass, mestre-cervejeiro da Cervejaria Ambev.

A espuma varia, também, dependendo do estilo. Alguns estilos dentro da escola belga, por exemplo, apostam em espumas mais cremosas, não por acaso nestas cervejas é comum que parte da espuma fique grudada nas paredes dos copos mesmo após o término. Em contrapartida, cervejas da escola britânica são, em parte, mais caracterizadas por camadas mais finas e compactas.

Vale ter atenção não apenas à presença, mas, também, à espessura de espuma. “Não existe uma regra milimétrica, mas uma camada que varie entre dois e três dedos é suficiente”, complementa Maas.

 

Conheça 7 curiosidades sobre a espuma da cerveja:

  1. É formada por gás carbônico, proteínas e componentes do lúpulo;
  2. A espuma cria uma barreira entre o líquido e o ar, resultando na estabilidade da temperatura;
  3. Ela mantém estabilidade de aroma e sabor;
  4. Ela impede o contato da cerveja com o oxigênio, evitando que ela oxide e fique com gosto alterado;
  5. Mesmo considerando outros tipos de bebidas, a cerveja é a única em que a espuma dura mesmo após o início da degustação;
  6. A espuma ideal possui de dois a três dedos de espessura;
  7. A presença de espuma é um dos pontos que demonstram a ‘saúde’ da cerveja.

Bar Indigo by Martell em Cognac

27 de julho de 2018

2018-07-27-Bar Indigo by Martell em Cognac

O Indigo by Martell fica no coração do ponto histórico de Cognac, a 24 m de altura, no topo da Torre Gâtebourse, onde fica a Fondation d’entreprise Martell, oferecendo vistas espetaculares das coberturas de Cognac, do centro histórico da cidade e das margens do rio Charente.

O amplo e aberto bar na cobertura foi concebido como o local perfeito para encontrar pessoas. O ambiente social é propício para beber  ou relaxar com a família e os amigos. O Indigo by Martell é uma oportunidade para a população de Cognac ver sua própria cidade a partir de nova perspectiva, e para os visitantes de todo o mundo descobrirem a cidade de forma totalmente original. Estará aberto de 13 de julho a 30 de setembro, permitindo que os visitantes desfrutem desse lugar das 17h30m à 1h e, aos domingos, do meio-dia às 22h.

Indigo by Martell recebe os clientes com a generosidade e autenticidade que caracterizaram a House of Martell desde que foi fundada. O barman chefe, Maxime Le Gal, e sua equipe criaram um menu de coquetéis inspirados e criativos, que naturalmente inclui os clássicos da mixologia, como Highballs e Collins, Juleps e smashes (bebidas à base de gelo, álcool e fruta), Sours e Crustas, ao lado de receitas criativamente revisitadas, como a bebida característica do bar, o coquetel Indigo Collins: Martell Blue Swift, com xarope de trigo sarraceno, amora e limão siciliano.

Os clientes podem experimentar todos os conhaques excepcionais de Martell, alguns dos quais não podem ser encontrados em nenhum outro lugar da França, começando com o Martell Blue Swift, o primeiro Martell VSOP envelhecido em barris de bourbon. Para combinar com o ambiente, o Indigo by Martell também oferece uma linha completa de batidas, criadas por Maxime Le Gal, desde receitas clássicas, com rum, até opções mais originais, com gin ou conhaque. Deliciosas opções de refeições rápidas, feitas com produtos locais, acompanham o menu de coquetéis.

Rum Cubay Extra Añejo Remedios 500

26 de julho de 2018
Rum Cubay Extra Añejo Remedios 500

Foto/Fernando Medina – Excelencias Gourmet

Maior produtora de Rum Cubano a Corporacion Cuba Ron acaba de lançar durante o Festival Internacional Varadero Gourmet com uma apresentação especial do Maestro Ronero César Augusto Marti Marcelo mais um produto especial,  o Rum Cubay Extra Añejo Remedios 500.

Produzido na parte central da ilha de Cuba este Rum foi idealizado para celebrar os 500 anos da vila de San Juan de Los Remedios e foi produzido com runs de mais de 28 anos de envelhecimento.

O Cubay Extra Añejo Remedios 500 tem 40% de teor alcoólico e cor dourado intenso, aroma complexo com um leve toque defumado que combina muito bem com um Habano.

Livro Bebidas  Alcoólicas Ciência e Tecnologia

25 de julho de 2018

2018-07-25-Livro Bebidas Alcóolicas Ciência e Tecnologia

Para quem gosta e quer conhecer ainda mais o universo das bebidas sugiro a leitura do livro Bebidas Alcoólicas Ciência e Tecnologia de Waldemar Gastoni Venturini Filho da editora Blucher.  Este livro faz parte da Série Bebidas (Volume 1 – Bebidas alcoólicas: ciência e tecnologia; Volume 2 – Bebidas não alcoólicas: ciência e tecnologia; Volume 3 – Indústria de bebidas: inovação, gestão e produção), que foi escrita por 147 autores brasileiros e estrangeiros. Além dos autores brasileiros, participaram desta série especialistas da Costa Rica, Cuba, México, Peru, Uruguai, Irlanda, Portugal e República Tcheca.

O Volume 1, com 575 páginas tem 28 capítulos sobre bebidas alcoólicas e foi dividido em quatro partes: I) Bebidas fermentadas; II) Bebidas destiladas; III) Bebidas retificadas; IV) Bebidas obtidas por misturas. Neste volume, o leitor encontrará três capítulos sobre cachaça, três sobre cerveja, cinco sobre vinho e três sobre bebidas alcoólicas indígenas, entre outros. Dez de seus capítulos são dedicados às bebidas alcoólicas derivadas da uva.

Pela abrangência dos conteúdos e pela qualidade dos capítulos redigidos por especialistas de cada área, o leitor tem em suas mãos o que de melhor há no mercado editorial brasileiro na área da ciência e tecnologia de bebidas.

Buchanan’s lança seu primeiro blended malt whisky

24 de julho de 2018

2018-07-24-Buchanan_s lança seu primeiro blended malt whisky

A multinacional do segmento de bebidas Diageo proprietária da marca de Blended Whisky Buchanan’s acaba de entrar no segmento de blended malt whisky nesta marca com o lançamento do Buchanan’s Select 15 anos.

O novo whisky é um blend de vários single malts e tem 40% de teor alcóolico e preço médio de US$49.99 pela garrafa de 750 ml no mercado norte-americano onde começou a comercialização.

“Leave the gun! Take the Cannoli.”

23 de julho de 2018

2018-07-23- “Leave the gun! Take the Cannoli.”

Guilherme Matheus, Sócio Fundador e cervejeiro da Mafiosa sempre gostou de filmes com gangsters. Em outubro de 2013 ele e, um grupo de amigos se reuniu para produzir cerveja em casa com o intuito de descobrir novos sabores, aromas e suprir o próprio consumo. A produção caseira, toda improvisada, lembrava a fabricação de bebidas durante a lei seca americana, controlada pela máfia italiana. Surge aí a  Mafiosa Cervejaria, batizada assim com a aprovação de toda a “famiglia”.

Logo os amigos começaram a se interessar, curiosos em descobrir as receitas criadas nas panelinhas da Mafiosa. A produção, bem pequena, permitia apenas que os mais próximos conseguissem algumas amostras, que sempre foram muito elogiadas!

Cinéfilos, os rótulos sempre foram criados em homenagem a algum filme, personagem, ou até algum detalhe de grandes filmes que casualmente sempre acabavam ligados ao tema Máfia.

A paixão pela Cerveja Artesanal foi crescendo, e os Mafiosos decidiram aumentar a produção. Em parceria com a Cervejaria Dádiva, lançaram sua primeira receita em escala industrial (2000 litros) que foram rapidamente espalhados por toda a região. Nascia assim a IPA Don Drino, receita preferida dos amigos, e escolhida para apresentar a Mafiosa Cervejaria ao mercado.

20180710_133159 (1).jpg

De lá para cá a famiglia aumentou, com A Noiva (American Wheat), Lawless (Pre-Prohibition Lager), A Noiva Volume 2 (American Wheat), Consiglieri (Double IPA) e Crooner (American Strong Ale).

A mais nova integrante do grupo é a Leave the gun! Take the Cannoli uma Russian Imperial Stout com 11% de teor alcoolico. O nome e o rótulo foram inspirados no clássico O Poderoso Chefão. “Leave the gun! Take the Cannoli.”, frase improvisada pelo personagem Clemenza, interpretação de Richard Castellano no filme de 1972, fechou com chave de ouro uma irônica cena de crime na produção, conquistando destaque no roteiro e ganhando reconhecimento público do célebre diretor Francis Ford Coppola ao ator na época.

A cerveja é uma ótima combinação para uma clássica sobremesa italiana o Cannoli que surgiu na Sicilia e é uma espécie de canudo frito recheado com um creme de ricota temperado com casca de laranja. Porém, pode ser produzida diferentemente em diversas regiões da Itália, com adição de frutas cristalizadas ou chocolate em sua composição, mas no geral todas são finalizadas com um toque de pistache, em pequenos pedaços, na decoração.

Para reproduzir as características dessa tradicional sobremesa na cerveja, a Mafiosa trabalhou com maltes que remetem à lembrança de biscoitos além da adição de baunilha, cacau, casca de laranja e pistache, esse último utilizado tanto na mosturação, quanto em conjunto com os grãos da maturação, na receita. A Leave de gun! Take the Cannoli vai estar disponível em chope e garrafa rolhada de 375 ml.

 

 

Novo Ilha das Flores

20 de julho de 2018

2018-07-20-Novo Ilha das Flores

Sucesso na cidade desde 1991, o icônico bar Ilha das Flores acaba de reabrir com ambiente totalmente repaginado. Após passar por uma extensa reforma, a casa reaparece inspirada na original Ilha das Flores localizada no arquipélago dos Açores. Com predomínio das cores azul e branco, o espaço é dividido entre salão, varanda e calçada.

O cardápio ganhou novidades do chef Francisco Pinheiro, que já trabalhou ao lado de grandes nomes como Alex Atala e Laurent Suaudeau, além de ter sido chef de cozinha do restaurante Attimo – que ganhou 1 estrela Michelin sob sua gestão. Recentemente, ficou conhecido por sua participação no programa MasterChef da Band.

As receitas aparecem valorizando os ingredientes, prezando pelo frescor e origem dos alimentos. Para começar, Coxinha de frango artesanal e Polenta cremosa na pedra com ragu de linguiça artesanal além de muitas outras porções para compartilhar.

A carta de drinks foi elaborada pelo premiado Henrique Medeiros, que já comandou o bar de casas como D.O.M e Kinoshita. Vale provar o De Cresci Martini com gin Tanquerey e abacaxi flambado e o Dual Drink – Ketel One Vodka, Cointreau e suco de maçã.

ILHA DAS FLORES – Rua dos Curumins, nº 5. – Tel: 3031-5644.

www.ilhadasflores.com.br

Vermute com cascas de café

19 de julho de 2018

2018-07-19- Vermute com cascas de café

Depois da água o Café é a segunda bebida mais consumida no planeta. Por conta disso a cada ano bilhões de toneladas de cascas do café são descartadas, enviados para aterros ou usados como fertilizantes.

Mas para o time de brand ambassadors da William Grant & Sons foi o inicio de uma idéia. Dois anos atrás um barista amigo de Joe Petch embaixador da marca de whisky Monkey Shoulder deu para ele uma quantidade de Cascara  a casca do grão do café. Foi a partir disso que ele começou a fazer experimentos com vermutes.

Joe descobriu que a cascara é complexa, rica e frutada em sabores que fez ótima parceria com vermute doce e o tornou bastante versátil na mixologia.

O novo produto obtido desta combinação recebeu o nome de Discarded e está sendo lançado inicialmente em grandes bares no Reino Unido como The American Bar, The Beaufort, Duck and Wafle,  The Connaught, Scarfes Bar, Bourne & Hollingsworth, Scout, Oblix, The Blue Bar at The Berkeley e The Lanesborough.

Seguindo a linha do reaproveitamento os produtores esperam que as garrafas virem vasos, porta velas e até pré-mixer para coquetéis.

Os Segredos da Cachaça

18 de julho de 2018

2018-07-18- Os Segredos da Cachaça

 

Em formato de almanaque e com linguagem divertida, os autores João Almeida e Leandro Dias homenageiam em Os segredos da Cachaça a bebida mais popular entre os brasileiros. Considerada o primeiro destilado das Américas, a cachaça é um símbolo da cultura brasileira e capaz de apresentar refinamentos e nuances tão complexas quanto qualquer uísque.

Neste lançamento amplamente ilustrado, com diversas fotos de época e imagens de alambiques de todo o Brasil, o objetivo foi cobrir diversos aspectos da cadeia de produção, distribuição e consumo da bebida. Além disso, o leitor conhecerá as origens históricas da cachaça e poderá descobrir um pouco mais sobre os alambiques mais tradicionais do país.

Para aqueles que não conhecem plenamente a bebida, o livro apresenta os seus vários tipos (branca, amarela, blend, armazenada, envelhecida), traz a lista das 100 melhores cachaças do Brasil e ensina a fazer a caipirinha perfeita, além de trazer releituras de diversos drinques clássicos com a marvada como protagonista.

Por trazer um pouco da história, características da bebida, receitas, dicas, entre outros, Os segredos da cachaça é o livro perfeito tanto para quem está descobrindo o valor da cachaça quanto para os já apaixonados pela bebida. Um brinde e leia sem moderação!

Título: Os segredos da cachaça

Autores: João Almeida e Leandro Dias

Nº de Páginas: 160

Preço: 70,00

Editora Alaúde

Novidades cervejeiras

17 de julho de 2018

2018-07-17-Novidades cervejeiras

Veja abaixo seis novidades que chegam ao mercado este mês.

Molinarus Specialties Black IPA – Cerveja escura com sabores e aromas típicos de uma genuína American IPA. Foco em lúpulos americanos que apresentam aspectos resinosos combinados com um leve toque cítrico.. Adição de flocos de aveia  e de centeio. Teor alcóolico de  7% vem em Lata (473ml) e Chope.

Cocoa Wonderland – Uma Porter com notas que remetem ao chocolate e café, muito equilibrada, apresenta 6,8% de teor alcoólico e harmoniza principalmente com sobremesas,  como petit gateau e crème brulée.

Tonttu –  Apresenta notas frutadas, maltadas e algumas especiarias que harmonizam perfeitamente com comida mexicana e carnes vermelhas. Uma Red Ale com 6% de graduação alcoólica.

Saint Petersburg – Uma Russian Imperial Stout, com boa complexidade e 7,4% de teor alcoólico. Com notas torradas, de chocolate e caramelo, ela é ideal para dias mais frios, perfeita com brownies e cheesecake.

Fika – Uma Cold Brew Coffe Stout que foi produzida com Rwandan Coffee, tem notas de café bem acentuadas e 7,4% de teor alcoólico. Uma harmonização perfeita com sobremesas como um sorvete decreme.

Everbrew Evermex – Uma Mexican Imperial Stout (MIS) produzida pela cervejaria cigana de Santos tem  um toque de pimenta habanero, canela, café e baunilha. Tem 11,3% e vem em Lata (473ml) e Chope

5º. International Wine Show

16 de julho de 2018

2018-07-23 – 5º. International Wine Show

A International Wine Show, evento de degustação de vinhos do mundo, realiza sua quinta edição no dia 28 de julho (sábado), das 16h00 às 21h00, no 4º andar do Centro de Convenções Frei Caneca, integrado ao Shopping Frei Caneca, na capital paulista. São cerca de 300 rótulos, nacionais e importados, dos principais países produtores de vinho.Tintos, brancos, rosés e espumantes poderão ser degustados e comprados com descontos especiais no evento.

A 5ª International Wine Show reunirá 50 stands de importadoras e vinícolas selecionadas, com a oferta de vinhos em promoção para degustação e compras, além de outros produtos relacionados ao universo enogastronômico.

Para harmonizar, será servido um buffet composto por queijos, frutas e pães. Destaque para uma mesa com produtos artesanais brasileiros como queijos, geleias, salames e produtos em conserva, todos com degustação e vendas no local.

O investimento para participação na 5ª International Wine Show é de R$ 99,00 (1º lote) e os vinhos serão degustados em uma taça personalizada, que o convidado recebe logo na entrada e leva como brinde ao final do evento. O ingresso dá direito também a um Guia com os vinhos de cada expositor.

5ª International Wine Show no Centro de Convenções Frei Caneca

Quando: 28.07.2018 (sábado)

Horário: 16h00 às 21h00

Valor do Convite: R$ 99,00

Compras pelo Ingresso Rápido ou no Empório Frei Caneca

Local: Centro de Convenções Frei Caneca – 4º Andar – Rua Frei Caneca, 569 – Consolação – São Paulo – SP

Tem cachaça nova no Cateto

13 de julho de 2018

2018-07-13-Tem cachaça nova no Cateto

O Cateto Pinheiros aqui em São Paulo é uma excelente opção para quem gosta de queijos e embutidos produzidos por pequenos produtores. De quebra eles ainda tem uma carta de cerveja para ninguém botar defeito. E pra completar o quadro no segundo andar tem o OAK um bar que tem uma carta com 20 drinks super bem elaborados pelo competente Paulo Cesar Corghis.

Agora o Cateto também tem uma Cachaça para chamar de sua. A Sugar Cane Soul foi desenvolvida em parceria com a Cacharia Quinta das Castanheiras e Cachaças  Pardim que desenvolveram em conjunto com o Cateto um blend de quatro madeiras, Carvalho Americano, Balsamo, Castanheira e Amburana. Foram produzidas 150 garrafas e na noite de lançamento 50 já foram vendidas. Cada garrafa custa R$ 100,00 mas você pode experimentar uma dose ou até um drink com ela já que o cardápio recebeu oito drinks em que ela é a estrela ou faz participação especial.

Cateto Pinheiros – Rua Francisco Leitão, 272 – Pinheiros – SP – Tel – 3063-5220

 

Cerveja Polar ganha uma versão MINI

12 de julho de 2018

2018-07-12- Cerveja Polar ganha uma versão MINI

A cerveja favorita dos gaúchos ganhou mais uma embalagem para completar o seu portfólio: a garrafa de vidro de 300ml.  Com a mesma qualidade já reconhecida da marca, a nova embalagem é retornável. A Cervejaria Ambev, produtora da Polar, incentiva a utilização das garrafas de vidro retornáveis, pois, além de mais baratas, podem ser reutilizadas mais de  20 vezes, fazendo parte do compromisso com a sustentabilidade ambiental.

Polar mini já está disponível nos pontos de venda com o preço sugerido para o consumidor de R$ 1,69. A cerveja Polar também é vendida em garrafas de 1 litro, 600ml, long necks de 355ml, latas de 473 ml e de 350ml.

Jim Roof Club na Faria Lima

10 de julho de 2018

2018-07-10- Jim Roof Club na Faria Lima

O grupo de sócios do  Indústria de Entretenimeno (Rey Castro, The Sailor Pub e Vista Restaurante e Café) acaba de inaugurar mais um empreendimento. O Jim Roof Club, espaço noturno com referências contemporâneas e clima intimista onde a multiplicidade de opções, pode criar diferentes tipos de festas incluindo drinks e petiscos. O espaço fica no último andar de um prédio na Avenida Faria Lima em São Paulo com uma vista privilegiada da avenida e tem espaço para 220 pessoas.

Uma das apostas do grupo é a coquetelaria de assinatura, parte dos drinks foi criada pelo bartender Jairo Gama que atende as outras casas em conjunto com  Ernesto “Nica” Lara, vencedor da etapa brasileira do Baccardi Legacy.

Vale a pena experimentar o drink AL CAPONE (gin infusionado com flor de jambú, Bourbon, Luxardo, defumação de canela e pau brasil) R$ 32 e o GIN DE LA CREME (gin Plymounth, Campbell´s tomato, redução de balsâmico com molho inglês e gel de trufa negra, suco de limão, guarnecido com azeitona verde e temperos com crosta de gergelim R$ 34.

Para petiscar o chefe Felipe Bellim, famoso por seus burgers e finger foods, assina oito opções de appetizers. Não deixe de provar o  Bolinho Thai (bolinho de arroz com curry recheado de caldeirada de camarão) e a Polentinha (crostines de polenta grelhada com creme de gorgonzola e pimenta biquinho).

JIM ROOF CLUB – Av. Brig. Faria Lima, 2776 – Jardim Paulistano – Tel: 11 3044-4032

Chivas XV somente para Duty Free

9 de julho de 2018

2018-07-09- Chivas XV somente para Duty Free

A marca Chivas Reagal que pertence ao grupo Pernod Ricard aumentou sua linha de produtos com o lançamento do Chivas XV. Este novo blended whisky tem 15 anos e passa por uma maturação em um segundo barril de Grande Champagne Cognac . Grand Champagne é uma das regiões que produzem as melhores variedades de uvas para a produção de Cognac e normalmente é utilizado na elaboração dos melhores Cognacs de cada produtor na França.

Chivas XV tem 40% de teor alcóolico e foi desenvolvido para ser bebido puro ou utilizado em coquetéis.  No nariz apresenta notas doces de maçã vermelha, geleia de laranja, mel e canela. Em boca é frutado com sabor de peras, caramelo e biscoito amanteigado.

Ele só vai ser vendido nos Duty Free até Outubro deste ano com um preço médio de U$ 69 em garrafa de 1 litro. São duas apresentações um na garrafa tradicional como na foto acima e outra toda dourada feita para comemorar momentos de celebração segundo a empresa.

Água Tônica Botânica

6 de julho de 2018

2018-07-06-Água Tônica Botânica

Com o crescimento do mercado de Gins no  Brasil as tônicas vem crescendo na mesma velocidade. Semanas atrás quando estive no Rio de Janeiro descobri a Botânica produzida em Leme, interior de SP mas comercializada por uma empresa do Rio de Janeiro.

Eles produzem três estilos de Tõnica, a BotânIca Indian é 100% natural, sem conservantes, não contém glúten, zero sódio, light com 30% menos açúcar e quinino da República do Congo.

A Botânica Lemon Dry é infusionada com alecrim e limão Tahiti. Funciona muito bem pura ou com Gins mais aromáticos.  A Botânica Spicy é infusionada com uma pimenta super-rara e especial que vem do Timur (Nepal). Ela concentra sabores cítricos, aromáticos, e é ao mesmo tempo suave, fresco e naturalmente adocicado. Todas garrafas vem com 275 mil e tem preço médio de R$ 7,70.

Onde comprar: www.tonicabotanica.com.br